Digital, Luiz Felipe deixa a Secom da Prefeitura de Goiânia. Foge do analógico Iris Rezende

O prefeito da capital sugere que não precisa apresentar respostas rápidas e claras à sociedade. É o aposto do que pensa o marqueteiro e publicitário

Luiz Felipe Gabriel “é solar, Iris é sombrio”| Foto: Jornal Opção

Oficialmente, Luiz Felipe Gabriel deixou a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Goiânia porque vai participar da campanha eleitoral deste ano. A informação não é falsa. Mas há outra informação, que os jornais oficiais não publicam.

Luiz Felipe Gabriel, dono do Instituto Verus, é moderno, digital e rápido nas decisões. Mas, na prefeitura, encontrou um político que é lento, analógico. O prefeito Iris Rezende, segundo auxiliares, não percebe a “pressa” dos tempos modernos. “Iris sempre acha que é possível esperar um pouco mais antes de apresentar respostas à sociedade. O mundo mudou, e não é assim que um político e gestor deve se comportar. A crise do setor de saúde mostra que o emedebista não tem noção precisa do que está acontecendo. Fátima Mrué está enterrando sua gestão e o prefeito pensa que está tudo bem”, afirma um auxiliar.

O que se afirma, nos bastidores, é que Luiz Felipe Gabriel demorou demais a deixar a Prefeitura de Goiânia. “Luiz Felipe é solar; Iris, sombrio”, sugere um jornalista. “Na verdade, Luiz Felipe tem apreço por Iris, mas os dois têm visões diferentes de mundo. Seus ritmos não combinam.”

Deixe um comentário