Digital, Luiz Felipe deixa a Secom da Prefeitura de Goiânia. Foge do analógico Iris Rezende

O prefeito da capital sugere que não precisa apresentar respostas rápidas e claras à sociedade. É o aposto do que pensa o marqueteiro e publicitário

Luiz Felipe Gabriel “é solar, Iris é sombrio”| Foto: Jornal Opção

Oficialmente, Luiz Felipe Gabriel deixou a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Goiânia porque vai participar da campanha eleitoral deste ano. A informação não é falsa. Mas há outra informação, que os jornais oficiais não publicam.

Luiz Felipe Gabriel, dono do Instituto Verus, é moderno, digital e rápido nas decisões. Mas, na prefeitura, encontrou um político que é lento, analógico. O prefeito Iris Rezende, segundo auxiliares, não percebe a “pressa” dos tempos modernos. “Iris sempre acha que é possível esperar um pouco mais antes de apresentar respostas à sociedade. O mundo mudou, e não é assim que um político e gestor deve se comportar. A crise do setor de saúde mostra que o emedebista não tem noção precisa do que está acontecendo. Fátima Mrué está enterrando sua gestão e o prefeito pensa que está tudo bem”, afirma um auxiliar.

O que se afirma, nos bastidores, é que Luiz Felipe Gabriel demorou demais a deixar a Prefeitura de Goiânia. “Luiz Felipe é solar; Iris, sombrio”, sugere um jornalista. “Na verdade, Luiz Felipe tem apreço por Iris, mas os dois têm visões diferentes de mundo. Seus ritmos não combinam.”

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.