Devido ao desgaste do prefeito Dioji Ikeda, José Essado pode disputar mandato em Inhumas

Se Abelardo Vaz for barrado pela Justiça, o peemedebista enfrentará, possivelmente, o médico João Antônio, do PSD

Jose Essado 23-620x450

O ex-deputado José Essado [foto ao lado], depois de um período de desânimo, decidiu que vai disputar a Prefeitura de Inhumas. Mas espera contar com o apoio do PMDB, que raramente banca seus candidatos a prefeito.

José Essado está empolgado por dois motivos. Primeiro, o prefeito Dioji Ikeda faz uma gestão considerada uma das piores da história do município. Tanto que pode não disputar a reeleição. Segundo, o favorito para a disputa de 2016, Abelardo Vaz, do PP, pode não ser candidato. Ele tem problemas judiciais considerados insanáveis. Sobram, para a disputa, o médico João Antônio, do PSD, e o deputado estadual Lucas Calil, do PSL.

O grupo de Roberto Balestra pretende lançar Abelardo Vaz. Mas, se este não disputar, Lucas Calil (ou um vereador) pode disputar. O problema é que Lucas Calil é um cristão-novo no balestrismo. A tendência é por uma “invenção” local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.