Destino de Vanderlan Cardoso 1: Comissão de Assuntos Econômicos

Negociações para filiação ao PSD passam pela possibilidade de o senador goiano assumir o cargo, que está nas mãos do partido

Vanderlan: para onde ele vai? | Foto: Fábio Costa / Jornal Opção

O senador Vanderlan Cardoso (Progressistas) está com um pé no PSD, conforme ele mesmo declarou ao Jornal Opção. Nos próximos dias, terá uma reunião com o presidente a Executiva Nacional do partido, Gilberto Kassab, escoltado pelo presidente estadual, o ex-deputado Vilmar Rocha. O encontro será em São Paulo e dará continuidade às conversas que se arrastam desde o final do ano passado.

Teoricamente, a ida de Vanderlan para o PSD tem um motivo: ele diz que pretende disputar a Prefeitura de Goiânia. Nas últimas semanas, intensificou as articulações para formar uma frente para enfrentar o prefeito Iris Rezende (MDB). Kassab tem interesse no passe do senador. Afastado de cargos públicos após denúncias, ele tem se dedicado a fortalecer a legenda. Já conseguiu as filiações dos senadores Carlos Viana (MG), Lucas Barreto (AP) e Nelsinho Trad (MS), além do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil.

Contudo, como dizia o mineiro Tancredo Neves, em negociações muito delicadas, não se apresentam todas as condições e exigências de uma só vez. Assim, o destino de Vanderlan seria outro: a poderosa Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), dirigida hoje por Omar Aziz, senador do PSD pelo Amazonas.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.