Issy Quinan pode sair do partido e Sandes Júnior pode disputar mandato de deputado estadual

Adriano do Baldy, deputado federal pelo Progressistas | Foto: Reprodução

O partido Progressistas está com dificuldade de montar chapas para deputado federal e estadual. Quando perguntados, seus líderes citam sempre os mesmos nomes: Adriano do Baldy, Flávia Cunha e Sandes Júnior. Mas cada partido pode lançar até 18 postulantes.

O ex-prefeito Issy Quinan, percebendo o problema, está tentando se filiar ao MDB de Daniel Vilela.

Issy Quinan: ex-prefeito de Vianópolis| Foto: Fábio Costa

O deputado federal Adriano do Baldy diz que realmente conversou com o presidente do PSD, Vilmar Rocha. “Mas não sobre filiação partidária.” Ele afirma que a notícia de que iria sair do pP circulou em todo o Estado, ao ser divulgada no Jornal Opção. “Recebi ligações de todas as regiões de Goiás. Mas veja só: sou secretário-geral do pP, nossa chapa para deputado estadual tem 48 nomes e a chapa para deputado federal tem 17 postulantes. Por que eu sairia? Não tem lógica.”

Sandes Júnior: vereador em Goiânia | Foto: Reprodução

O vereador Sandes Júnior, cotado para disputar mandato de deputado federal, pode recuar e disputar mandato de deputado estadual. Mas Joel Santana aposta que ele irá a deputado federal.