Deputada Janaina Paschoal vai deixar o PSL e decide disputar mandato de senadora

“Tive uma reunião com o PRTB, mas não tenho pressa. Sou defensora das candidaturas avulsa, espero que o ministro Barroso dê uma liminar permitindo isso”

Numa entrevista às páginas amarelas da revista “Veja”, a deputada estadual Janaina Paschoal, de São Paulo, anunciou que vai se desfiliar do PSL e que planeja disputar mandato de senadora em 2022.

Janaína Paschoal: “O PSL está muito perdido” | Foto: Reprodução

A deputada estadual mais votada da história do Brasil, com 2.060.786 votos, disse ao repórter José Benedito da Silva: “Já avisei que não vou ficar. Tive uma reunião com o PRTB, mas não tenho pressa. Sou defensora das candidaturas avulsa, espero que o ministro [José Roberto] Barroso dê uma liminar permitindo isso. Acho que o PSL está muito perdido, não sabe o que quer e o que não quer. Fico preocupada de estar amarrada a sigla tão indefinida”. O PRTB é o partido do vice-presidente Hamilton Mourão.

Procurado pela “Veja”, o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, disse: “Me surpreende isso que ela falou. A deputada Janaina Paschoal é um quadro respeitável do partido e isso [a saída] nunca me foi colocado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.