DEM não tem candidato a prefeito definido em Alexânia, diz presidente do partido

Daniel Carrara afirma que o objetivo das oposições é construir uma frente ampla para eleger o próximo prefeito do município

Daniel Galera: presidente do DEM de Alexânia | Foto: Arquivo pessoal

O presidente do DEM em Alexânia, Daniel Carrara, disse ao Jornal Opção que, ao contrário do que publicou a coluna Bastidores, o partido não definiu seu candidato a prefeito do município. A nota do jornal informa que Rinaldinho Tomazini, bancado pelo deputado federal José Mário Schreiner, seria o candidato.

“Eu convidei tanto Armando Rollemberg quanto Rinaldinho para o DEM. Pois queremos que o Democratas se torne um partido forte na cidade e consiga eleger o próximo prefeito. O DEM praticamente não existia em Alexânia”, afirma Daniel Carrara, que é ligado ao governador de Goiás, Ronaldo Caiado, e ao deputado José Mário Schreiner, ambos líderes do partido no Estado.

Daniel Carrara frisa que, no momento, está convidando líderes de outros partidos para formar um grupo. “Rinaldinho se lançou pré-candidato, o que é legítimo. Mas Rollemberg, diretor da Faeg, também é do partido. Portanto, o que devo esclarecer, e sem menosprezar Rinaldinho, que é uma pessoa de valor, é que ainda não definimos o nome do candidato. Há outros nomes de peso e é preciso considerá-los. Vamos decidir mais na frente, não agora. Além de Rinaldinho e Rollemberg, há também Wanderson Loteiro (Wanderson de Freitas da Silva), presidente da Câmara Municipal, Nazaré Queiroz, mulher do ex-prefeito Ronaldo Queiroz, e o vereador José Milton Camelo.” Daniel Carrara também se coloca na lista de possíveis candidatos. “Sou produtor rural e fui presidente do Sindicato Rural de Alexânia.”

José Mário Schreiner e Rinaldinho Tomazini| Foto: Divulgação

Como será definido o nome do candidato. “Vamos fazer pesquisa. O que nós não queremos é perder a eleição. Por isso vamos construir uma frente ampla. Podemos inclusive abdicar da cabeça de cabeça para eleger o prefeito.” DEM, PTB (Ronaldo Queiroz) e PSC (Paulinho de Jandira) devem marchar unidos. E não há dificuldade de compor com o MDB.”

O prefeito Allysson Silva Lima, do PP, vai à reeleição. “As lideranças políticas locais não aprovam sua gestão. Ele não cumpre o que promete e não tem capacidade administrativa para dirigir um município que, localizado entre Brasília e Goiânia, pode se tornar um polo estratégico de desenvolvimento. O município está crescendo à revelia da prefeitura. O comércio e o agronegócio são muitos fortes no município”, afirma Daniel Carrara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.