Delegado Waldir pode ser pressionado por Bivar para disputar mandato de deputado federal?

Se Delegado Waldir e Zacharias disputarem mandato de deputado federal podem contribuir para a vitória de mais dois colegas de jornada

Poucos políticos são tão firmes em seus propósitos quanto o deputado federal Delegado Waldir Soares, do União Brasil. Outra de suas características é sua capacidade de ser leal, além de sua seriedade.

Em todas as entrevistas e encontros no interior, Delegado Waldir sempre diz a mesma coisa: planeja disputar mandato de senador, seja oficialmente — vinculado à chapa majoritária do União Brasil (o governador Ronaldo Caiado é pré-candidato à reeleição) — ou extraoficialmente, como postulante avulso.

Delegado Waldir Soares e Zacharias Calil, deputados federais: nomes fortes do partido União Brasil em Goiás | Foto: Reprodução/Facebook

Obstinado, se depender unicamente dele, não haverá recuo. Até porque, no momento, é a única ameaça real ao pré-candidato do PSDB, Marconi Perillo.

Porém, se o presidente nacional do União Brasil, deputado federal Luciano Bivar, pedir para Delegado Waldir disputar mandato de deputado federal, para fortalecer o partido no Congresso Nacional, o que ele dirá?

Luciano Bivar faria este pedido? É provável. Pelo seguinte motivo: a fusão entre o PSL e o Democratas criou o União Brasil, o maior partido do país. Entretanto, vários deputados, ao saírem do PSL, não se filiaram à nova legenda. Por isso a disputa de 2022 será utilizada para recompor a base do partido na Câmara dos Deputados.

Deputados federais são vitais para os partidos pelos seguintes motivos: a constituição do Fundo Partidário, do Fundo Eleitoral e do tempo de televisão dos partidos deriva do número de deputados. Portanto, o partido que tem mais deputados ganha uma estrutura extremamente robusta em todo o país.

Delegado Waldir Soares (com Heitor Freire no meio) e Luciano Bivar: prioridade é uma base parlamentar forte em Brasília| Foto: Reprodução

Mas por que seria importante deslocar Delegado Waldir para a disputa da reeleição, e não de uma vaga no Senado? Porque se trata de um “puxador” de votos. Na eleição de 2014, ele obteve 274.625 votos (9,06%), deixando o segundo colocado, Daniel Vilela, bem atrás, com 179.214 votos (5,91%).

Como pertencia à coligação de Delegado Waldir, então filiado ao PSDB, Thiago Peixoto só foi eleito deputado federal devido aos votos excedentes do policial civil.

Em 2018, quatro anos depois, Delegado Waldir voltou a ter uma votação extraordinária: 274.406 votos (9,05%). Então filiado ao PSL, contribuiu para a eleição de Major Vitor Hugo — que conquistou uma votação ínfima, 31.190 votos (1,03%). Ou seja, foi “carregado” pelo companheiro de chapa.

Em 2022, o União Brasil tem dois nomes fortes, consolidados: Delegado Waldir e o deputado federal Zacharias Calil. Mas ambos planejam disputar mandato de senador. O partido teria como bancar os dois? Talvez não. Um deles deve abrir espaço para o outro.

Se aceitarem disputar mandato de deputado federal, Delegado Waldir e Zacharias Calil podem sacrificar seus projetos pessoais, mas poderão e tornar responsáveis por fortalecer o União Brasil. Porque tendem a se eleger com votações excepcionais e, deste modo, poderão contribuir para a vitória de mais dois parlamentares.

Luciano Bivar, no momento, é o pré-candidato a presidente da República pelo União Brasil. Mas certamente será candidato a vice-presidente ou então disputará a reeleição em Pernambuco, sua base eleitoral. Ele provavelmente não vai pressionar Delegado Waldir e Zacharias Calil, mas talvez diga a ambos que, se disputarem mandato de deputado, estarão contribuindo para fortalecer o União Brasil tanto em Goiás quanto no país.

Uma resposta para “Delegado Waldir pode ser pressionado por Bivar para disputar mandato de deputado federal?”

  1. Avatar Arthur disse:

    #delegadowaldir✌🏻

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.