Delação da OAS pode revelar qual político goiano recebeu 2 milhões de reais

Ronaldo Caiado é ligado ao prefeito de Salvador, ACM Neto, o político mais associado à empreiteira, mas não há prova que tenha recebido dinheiro ilegal

Ronaldo Caiado e ACM Neto

As delações da OAS são vistas com bombásticas e, tais como as da Odebrecht, vão provocar um verdadeiro terremoto nas elites políticas do país. Até agora, não há nada concreto a respeito de envolvimento do senador Ronaldo Caiado, do DEM. Mas, como a OAS é ligada ao prefeito de Salvador, ACM Neto, cogita-se em Brasília da ligação da empreiteira com uma campanha de 2014. Especula-se que há o registro de uma doação, de 2 milhões de reais, para um político goiano (esclareça-se que o nome dele não foi mencionado).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.