Lúcia Vânia e Roberto Balestra devem ser candidatos. A estrela da chapa é o médico Zacharias Calil

No sábado, 5, o presidente do PSD em Goiás, Vilmar Rocha, disse ao Jornal Opção: “Em quase meio século de política, nunca vi tanta insegurança em termos da disputa pelo mandato de deputado federal. As novas regras, sem coligações partidárias, mexeram com a cabeça dos políticos. A maioria não sabe em qual partido se filiar e o problema só será definido na undécima hora — o dia 2 de abril deste ano”. Um deputado federal, que não quer ser citado como autor da frase, afirma: “Deputado tem mais amor pelo mandato do que pelo partido”. Noutras palavras, para ganhar a eleição, vale tudo — inclusive negociar com três ou mais partidos. Os postulantes estão de olho na montagem das chapas. Se forem fracas, os pré-candidatos sairão correndo… à procura de chapas mais consistentes, que os puxem para frente e não para trás.

Até o momento, a chapa considerada mais forte é a do União Brasil. Vale esclarecer que, a rigor, ainda não está montada, ou seja, está sendo montada. Por isso, alguns pré-candidatos que aparecem nas listas podem, a partir do dia 2 de abril, figurarem nas listas de outros partidos, como o MDB. Os deputados federais José Nelto (que deve sair do Podemos) e José Mário Schreiner figuram na listagem do União Brasil, mas podem, com a anuência do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), migrar para o MDB. O deputado federal Célio Silveira é tido como candidato à reeleição pelo MDB, mas, dependendo do quatro político-eleitoral, pode se filiar ao União Brasil.

O fato é que o mais poderoso exército eleitoral de Goiás certamente está “aquartelado” no União Brasil. Nenhum partido terá a sua estrutura. A seguir, confira uma lista de prováveis candidatos pelo partido.

1
Célio Silveira
Célio Silveira: deputado federal | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

É filiado ao PSDB, mas nada tem a ver mais com o partido. O MDB o trata como praticamente “filiado”. Mas, dependendo da chapa emedebista, pode migrar para o União Brasil. Ele sempre diz a mesma coisa: fará o que for melhor para garantir a sua reeleição.

2
Glaustin da Fokus
Glaustin da Fokus: deputado federal e empresário | Foto: Divulgação

É filiado ao PSC. Mas este partido não tem a mínima condição de eleger um deputado (ou seja, obter cerca de 170 mil ou 180 mil votos). Ele está muito próximo do governador Ronaldo Caiado.

3
Ismael Alexandrino
Ismael Alexandrino: secretário da Saúde | Foto: Divulgação

O secretário da Saúde do governo de Goiás é cotado para disputar pelo MDB ou pelo União Brasil.

4
José Mário Schreiner
José Mário Schreiner: deputado federal| Foto: Divulgação

Pode se filiar ao MDB? Até pode. Mas não estaria mais animado a deixar o União Brasil.

5
José Nelto
José Nelto: deputado federal | Foto: Divulgação

Filiado ao Podemos, partido que não o quer (porque os demais candidatos não querem trabalhar para ele), tende a se filiar ao União Brasil ou ao MDB.

6
Lissauer Vieira
Lissauer Vieira: presidente da Assembleia Legislativa | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Articula com Vilmar Rocha, do PSD, há algum tempo. Mas precisa saber, antes, se o partido terá uma chapa consistente. Se não tiver, tende a migrar para o União Brasil.

7

Lucas Vergílio

Lucas Vergílio, deputado federal | Foto: Divulgação

É líder do Solidariedade em Goiás. Mas o partido, ao menos no momento, não tem chapa para eleger ao menos um deputado federal. Se conseguir montar uma chapa, o parlamentar fica no SD. Senão, migra para o União Brasil.

8
Lúcia Vânia
Lúcia Vânia: ex-deputada federal e ex-senadora | Foto: Divulgação

Uma das melhores senadoras da história de Goiás, recebeu convite do governador Ronaldo Caiado para disputar mandato pelo União Brasil.

9
Marcos Cabral
Marcos Cabral: ex-prefeito de Santa Terezinha de Goiás | Foto: Reprodução

Planejava disputar mandato de deputado estadual, mas pode acabar disputando uma vaga na Câmara dos Deputados.

10
Renato de Castro
Renato de Castro, presidente da Codego | Foto: Reprodução

Seu projeto era disputar mandato de deputado estadual, mas pode acabar se tornando candidato a deputado federal.

11
Roberto Balestra
Roberto Balestra: várias vezes deputado federal | Foto: Divulgação

Recebeu convite do governador Ronaldo Caiado para disputar mandato de deputado federal. É um dos políticos mais experientes de Goiás.

12
Rodney Miranda
Rodney Miranda, secretário da Segurança Pública | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O secretário de Segurança Pública tem forte apelo popular. É ligado ao Republicanos, mas pode se filiar ao União Brasil.

13
Zacharias Calil
Zacharias Calil: médico e deputado federal| Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Há quem aposte que o deputado federal será, pela segunda vez, um dos mais votados.