Chapa de Paulo Cézar Martins à eleição do diretório estadual do MDB é indeferida

Já a de Daniel Vilela foi aceita. Decisão da Comissão Executiva Estadual se baseou no número mínimo de convencionais subscritos no requerimento

A Comissão Executiva Estadual do MDB em Goiás, em reunião realizada no fim da tarde deste domingo, 17, indeferiu o registro da chapa liderada pelo deputado estadual Paulo Cézar Martins para concorrer nas eleições para o Diretório Estadual do partido. Era o prazo limite para apresentação de registros para a disputa.

O motivo do não aceite da postulação do deputado é de que a Chapa 2 não cumpriu o artigo 82 do estatuto do MDB, que prevê o mínimo de 5% de votantes inscritos na convenção (convencionais) assinando o requerimento encaminhado.

Já a Chapa 2, liderada pelo atual presidente do MDB goiano, Daniel Vilela, esteve de acordo com todos os dispositivos e está apta a concorrer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.