Censura de Adib Elias sobre Operação Ouro Negro é derrubada no Tribunal de Justiça

Justiça decidiu que o prefeito Jardel Sebba pode mencionar a operação que levou à prisão ex-auxiliar de Adib Elias

A Operação Ouro Negro, que apurou desvio de mais de 10 milhões de reais na Prefeitura de Catalão e resultou na prisão de secretário e empreiteiros na cidade, virou um pesadelo na vida do ex-prefeito de Catalão e deputado estadual Adib Elias (PMDB).

O peemedebista sai do sério e cospe fogo quando ouve algo sobre o assunto. Tanto é verdade que, na tentativa de censurar os adversários políticos, Adib Elias entrou com ação e obteve liminar junto a um juiz de Catalão proibindo o arquirrival Jardel Sebba (PSDB), prefeito da cidade, de fazer qualquer menção ao fato, especialmente no programa que o tucano veicula numa emissora de rádio local.

Num país onde a liberdade de expressão é reconhecida e consagrada como pilar democrático, a absurda censura imposta por Adib Elias não poderia prosperar por muito tempo. E não prosperou: o Tribunal de Justiça acaba de derrubar a vergonhosa liminar, garantido a boa fumaça do direito e restabelecendo o direito à livre opinião a Jardel Sebba.

A Operação Ouro Negro vai continuar tirando as noites de bom sono de Adib Elias.

Uma resposta para “Censura de Adib Elias sobre Operação Ouro Negro é derrubada no Tribunal de Justiça”

  1. Médicogyn disse:

    Mas não e esse o paladino da justiça que vemos, por ai esculhanbando o governo? Só faltava esse querer proibir de falar em operação feita pela policia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.