Cobiçado por vários partidos, o deputado federal está quase batendo o martelo. Ele ganharia apoio integral do partido no Entorno de Brasília

O deputado federal Célio Silveira (PSDB) é cobiçado por vários partidos, como Democratas, MDB, PL, Republicanos, entre outros. Porque, como único nome forte do Entorno de Brasília, terá, na opinião dos líderes partidários, mais facilidade na reeleição.

Deputado federal Célio Silveira | Foto: Marcello Dantas

O MDB havia saído na frente, depois de conversas de Célio Silveira e o presidente do partido, Daniel Vilela.

Em seguida, Célio Silveira conversou com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, e discutiu a possibilidade de se filiar ao DEM. A filiação é defendida pelo prefeito de Luziânia, Diego Sorgatto (DEM), aliado do parlamentar e do governador.

João Campos e Jefferson Rodrigues | Fotos: Reproduções

Mas Célio Silveira sempre foi franco com seus interlocutores: vai se filiar ao partido que se tornar decisivo para sua reeleição.

Dado seu pragmatismo absoluto, adepto que é da realpolitik, Célio Silveira tende a se filiar, no início de 2022, ao partido Republicanos. O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, o presidente do Republicanos em Goiás, João Campos, e o deputado estadual e pastor Jefferson Rodrigues querem o parlamentar no Republicanos. A cúpula do partido teria lhe garantido apoio total no Entorno do Distrito Federal — o que facilitaria sua reeleição.

Rogério Cruz: prefeito de Goiânia | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Pode-se sugerir que Célio Silveira está fechando com o Republicano. Mas a palavra “fechando” não é o mesmo que “fechado”. Ainda há acertos a se fazer.

A única coisa certa mesmo é que o deputado não ficará no PSDB, onde não tem mais ambiente. Segundo um deputado estadual, o presidente do partido, José Eliton, gostaria de expulsá-lo.