Casal quer disputar Prefeitura de Ouvidor. Mas lei impede que os dois sejam candidatos

Maria Rita e João César planejam disputar a prefeitura. Mas oficialmente ainda são casados. Um deles tem de sair do páreo

Maria Rita Tartuci: pré-candidata a prefeita de Ouvidor | Foto: Jornal Dito e Feito

Na cidade de Ouvidor, que fica próxima de Catalão, no Sudeste goiano, há uma história política das mais curiosas. A base do prefeito Onofre Galdino Pereira Júnior (MDB) tem no mínimo seis pré-candidatos a prefeito, mas o nome que desponta é o de Maria Rita Tartuci Fonseca (secretária de Administração e Planejamento). Mas há uma pedra no meio do caminho.

O PSDB decidiu bancar João César — aliado do deputado estadual Gustavo Sebba — para prefeito. João César e Maria Rita eram casados e se separaram. Mas, como não foi feita a separação legalmente, para todos os efeitos, continuam “casados” — ainda que levem vidas independentes um do outro.

João Cesar: pré-candidato a prefeito de Ouvidor pelo PSDB | Foto: Reprodução

Como resolver o problema? Por serem “casados”, os dois não podem disputar, pois contraria a lei. Se recorrerem à Justiça, a tendência é que o juiz decida pela candidatura do mais velho — no caso, João César.

Mas João César teria dito a uma filha que, se Maria Rita for candidata, sai do páreo — mesmo não sendo aliados políticos; pelo contrário, são adversários. A ressalva é que o PSDB o pressiona para ser candidato — alegando que é o “favorito”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.