Capitão do Exército quer ser prefeito de Porangatu pra romper pacto oligárquico

O militar Marcílio Pires será candidato pelo PSL do deputado federal Delegado Waldir Soares

Capitão Pires vai se apresentar como o fato novo da política de Porangatu | Foto: Divulgação

O capitão do Exército Marcílio da Pires vai disputar a Prefeitura de Porangatu pelo PSL. Por enquanto, não se filiou, acatando as normas legais para militares. Os líderes do partido estão articulando filiações e pretendem lançar 25 candidatos a vereador.

Os dirigentes do PSL informam que os candidatos a vereador não têm participação política anterior e, portanto, não tem desgaste.

Quanto ao Capitão Pires, os articuladores do PSL sugerem que “é o verdadeiro fato novo da disputa deste ano”. O militar, postulam, “simboliza a renovação global na política de Porangatu, não uma troca de oligarquias”. Há uma aposta de que, com forte ênfase nas questões de probidade, gestão eficiente e melhoria da segurança, pode-se eleger um candidato alternativo. A aliança local deve ser entre PSL e Patriota.

O deputado federal Delegado Waldir Soares, presidente regional do PSL, convocou a primeira convenção regional do partido para fevereiro, em Goianésia. O PSL de Porangatu trabalha por um encontro na cidade para março.

Uma resposta para “Capitão do Exército quer ser prefeito de Porangatu pra romper pacto oligárquico”

  1. Paulo Roberto disse:

    Se não me salvo engano, o presidente do psl em Porangatu está sem pré candidato a prefeito. Houve um rompimento do presidente com o tenente Pires…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.