A base governista “engoliu” Lúcia Vânia. Mas não está animada para trabalhar na sua campanha. Os candidatos a deputado alegam que a senadora só pede voto para seu sobrinho, o deputado federal Marcos Abrão (PPS).