Candidato a deputado federal, José Mário Schreiner acredita em livros para ganhar votos

Exibindo José Mário Schreiner (1).JPG

O presidente do sistema Faeg/Senar, José Mário Schreiner, ficou conhecido por sua atuação classista na defesa da agropecuária, mas as palestras em faculdade o levaram a fazer uma campanha diferente para deputado federal.

José Mário investiu na apologia ao empreendedorismo, na descoberta de liderança (coaching) e na inimizade aos tributos, três dos temas recorrentes em suas palestras. Os debates em faculdades foram degravados e publicados em livros. Pois o livro foi seu “santinho” na campanha.

Cinco candidatos a deputado estadual que fazem dobradinha com José Mário também acreditaram na força do livro e lançaram oito obras. Os assuntos variam de acordo com a área de atuação do parceiro. Por exemplo, com Philippe Lasmar, que é cadeirante, o título é “Acessibilidade & Mobilidade”. Com o professor de Direito Penal e doutorando em Criminologia Henrique Paixão, o livro é “Sociedade contra o crime”. Antonialy Freitas promove cursos do Senar e com ele José Mário apresentou ideias de formação profissional na obra “Formando líderes empreendedores”. A narrativa com Hélio Araújo, que é sindicalista, foi com reivindicações dos trabalhadores e soluções para Anápolis. Tem dobradinhas também com Lincoln Tejota, Francisco Júnior, Valcenor Braz, Dr. Metódio, Jean de Itaberaí e Pacífico de Novo Gama.

Numa época em que muita gente fala em morte do livro, é surpreendente surgir alguém que acredite em sua força até para decidir eleição.

Além dos livros, José Mário conta com o apoio do setor produtivo e com diversas cidades de sua região, o Sudoeste. Suas obras podem ser lidas no www.josemario.com.br

Deixe um comentário