Já está pronto um requerimento para abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) batizada informalmente na Câmara de Goiânia como ‘CEI da Tecnologia’ contra a atual gestão municipal. Conforme o documento ao qual a coluna Bastidores teve acesso, a intenção principal é investigar os motivos pelas quais a ComData não foi liquidada, mesmo após “mais de 13 anos da sua inativação”.

Na justificativa, o documento cita ainda o “atraso na entrega das últimas sete estações do trecho 2 do BRT Norte Sul em Goiânia”, que estaria gerando “questionamentos sobre a eficácia da gestão municipal”.

No entanto, os oposicionistas na Câmara – e até mesmo alguns da base – pretendem fazer do requerimento da CEI parte da estratégia para mediar a relação do prefeito Rogério Cruz (Solidariedade) com a casa.

O vereador autor do requerimento, inclusive, teria conversado com o presidente da Câmara, Romário Policarpo (PRD), que pediu para segurar a apresentação da proposta. O sinal é claro: os parlamentares vão observar de perto os passos de Cruz, principalmente no que tange à reforma do secretariado que já começou, visando às eleições deste ano. (T.P.)