Caipira do Cerrado transformou o PROS numa armada política poderosa

Eurípedes Júnior estava gerindo o Pros como se fosse um negócio de sua família e foi barrado pela Justiça

Sob o comando de Eurípedes Júnior — um goiano da cidade de Planaltina, no Entorno de Brasília —, o PROS se tornou um fenômeno político, ganhando uma musculatura gigante.

O PROS tem avião, helicóptero, uma moderníssima gráfica, instituto de pesquisa, fundo partidário e uma ampla retaguarda digital.

No início, Eurípedes Júnior era apontado, em Brasília, como “aquele caipira lá de Goiás”. Hoje, é visto como um político que articula de maneira profissional e autônoma — nada subordinado aos Golias da política nacional e da política goiana. Davi se tornou Golias, sem perder a energia de Davi.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.