Caiado reforça aproximação ao governo de Jair Bolsonaro

Democrata fez duras críticas a João Dória, o que agradou a bolsonaristas

O tom em que o governador Ronaldo Caiado (DEM) criticou o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), por conta do anúncio da vacina paulista contra Covid-19, é a demonstração de que o democrata tem caminhado para uma aproximação mais efetiva com o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido). Eles que tinham se afastado no início da pandemia por conta das regras de quarentena, agora se alinham sobre a campanha de vacinação. 

A posição adotada por Ronaldo Caiado durante reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em defender que o Governo Federal esteja à frente da campanha de vacinação contra Covid-19, agradou os bolsonaristas. O governador expôs a forma politizada com que João Doria tem tratado o tema e foi porta-voz entre os governadores sobre o desconforto causado pelo tucano. Em entrevistas e declarações, o democrata reforçou que aposta na liderança do presidente para organização da compra e distribuição das vacinas.

O governador goiano também tem servido de ponte entre Bolsonaro e governadores de outros estados que não dão tanta abertura ao presidente. Sobre o tema da vacinação, Caiado tem falado com líderes em outros estados, viabilizando um canal de diálogo político entre governadores e o Palácio do Planalto.

As críticas a Dória, colocam Caiado ao lado de Bolsonaro num cenário que pode permanecer polarizado até 2022. Esse é um indicativo de que o governador de Goiás pode trabalhar em consonância com o Governo Federal e até dar palanque ao presidente que fala abertamente do desejo de reeleição. 

A agenda de Caiado junto a autoridades ministeriais tem se intensificado, outra demonstração de aproximação. Nos últimos dez dias, Goiás recebeu a visita dos ministros da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, da Educação e da Saúde. Pastas importantes. O fato certifica a deferência do governador entre os principais auxiliares de Bolsonaro. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.