Caiado planeja eleger prefeitos de Goiânia, Aparecida, Anápolis, Trindade e Senador Canedo

O governador eleito articula um frentão para fortalece-lo no Legislativo e na disputa da reeleição em 2022

Foto: divulgação

O governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado, do DEM, está mais preocupado, no momento, em fazer um bom governo, tão-logo assumir, em janeiro de 2019. Entretanto, como político, já está operando tendo em vista as eleições de 2020. Ele fala disso publicamente? Não. Só fala de seu governo. Mas articula nos bastidores.

O objetivo de Ronaldo Caiado é criar uma base política de sustentação que lhe permita a reeleição em 2022. Porque, daqui a quatro anos, estará no governo e, por isso, terá desgaste. Para ganhar, não poderá adotar mais o discurso de renovação — será preciso construir uma base mais ampla de apoio.

A criação de uma base política pressupõe eleger os prefeitos das principais cidades de Goiás, como Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Trindade,Senador Canedo, Rio Verde, Itumbiara, Catalão e Luziânia. Os esforços serão mais concentrados em Goiânia e nas cidades próximas, criando uma espécie de cerco político. Mas planeja-se também instalar aliados em Luziânia e Águas Lindas, entre outras. Hoje, no Entorno de Brasília, Ronaldo Caiado tem o apoio do prefeito de Formosa, Ernesto Roller. No Sudoeste, além de manter o prefeito de Rio Verde, principal cidade da região, a aliança Caiado-emedebismo pretende impor uma presença mais sólida em Jataí e Mineiros (a cidade é gerida por Agenor Rezende, ligado aos Vilelas).

Como dizem os políticos, quem viver, se quiser, verá.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.