Enganam-se aqueles que pensam que o governador Ronaldo Caiado faz uma gestão apenas técnica. Ele é um político nato, que aprecia o diálogo

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), faz um governo mais técnico do que político?

Bons governos têm de ser mesmo técnicos. Porque não se pode usar a estrutura pública para fins políticos. Ronaldo Caiado é tremendamente cioso da coisa pública.

Portanto, no sentido de probidade e da defesa do interesse público, o governo de Caiado é, sim, técnico.

Porém, enganam-se aqueles que pensam que Ronaldo Caiado não faz política. Na verdade, é, acima de tudo, um mestre da política.

No momento, por exemplo, o governador tem dialogado, frequentemente, com prefeitos, deputados e vereadores. Ronaldo Caiado ouve com atenção as falas dos aliados, explica suas posições e anota aquilo que foi discutido. Ele aprecia a franqueza de suas bases políticas.

Ronaldo Caiado: governador de Goiás l Foto: Reprodução

Se tem cerca de 35% a 40% das intenções de voto, em parte é porque faz um governo técnico, e decente — há três anos e quatro meses e oito dias que não há escândalos em Goiás. Mas não só. Ronaldo Caiado articula politicamente em todo o Estado, sabe o nome de quase todo mundo e conversa com todos aqueles que o abordam. Com certeza, ele sabe mais dos humores dos eleitores do que muito marqueteiros e até alguns aliados experimentados.

Mas Ronaldo Caiado não conversa tão-somente com políticos. O governador mantém um contrato estreito com a sociedade civil, com os líderes e membros de suas instituições.

Em síntese, Ronaldo Caiado faz política em tempo integral, mesmo quando faz um governo rigoroso, decente e técnico.