Caiado e Daniel Vilela devem começar ataques mútuos em março de 2018

É consenso que o democrata e o peemedebista terão de disputar a chance de ser o adversário de José Eliton para governador

Arquivo

A détente entre Ronaldo Caiado e Daniel Vilela tem prazo para acabar: março de 2018. Os pré-candidatos do DEM e do PMDB não se atacam publicamente, exceto de maneira episódica. O senador espera que o deputado federal desista para apoiá-lo e o deputado federal espera que o senador desista para apoiá-lo.

Percebendo que uma aliança é impossível, ambos vão preparar artilharia pesada. Eles vão começar a se bater provavelmente por volta de março de 2018, quando as definições políticas serão aceleradas.

Há o consenso de que o pré-candidato do governo, José Eliton, vai deslanchar, dada a força da máquina, e que uma vaga terá de ser disputada por Daniel Vilela e Ronaldo Caiado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.