Caiado amarela e não reage às bordoadas verbais de Maguito Vilela e José Eliton

Com o fim do coronelismo, na era democrática, não adianta falar grosso e ameaçar

Arquivo

Há quem diga que Ronaldo Caiado está “amarelando”. Recentemente, levou bordoadas verbais de Maguito Vilela — que não o perdoa pelas críticas agressivas feitas durante a campanha de 1994, quando disputaram o governo do Estado — e do vice-governador José Eliton. Não reagiu.

Deixe um comentário