Caiadismo preparava discurso da panelinha contra Daniel Vilela, mas perdeu o gancho

Habilmente, a coligação dirigida pelo emedebista retirou Maguito Vilela da primeira suplência de Vanderlan Cardoso

Reprodução

A equipe de marketing do candidatado do DEM a governador, Ronaldo Caiado, teve de esvaziar o “saco de maldades” que pretendia usar contra o candidato do MDB a governador, Daniel Vilela. O primeiro ataque seria dizer que o emedebista, apesar de jovem, comandaria a “chapa da panelinha”, porque, além de ser postulante ao cargo de chefe do Executivo estadual, seu pai, Maguito Vilela, havia sido indicado como primeiro suplente do candidato do PP a senador, Vanderlan Cardoso — o que, de fato, configurava uma panelinha. Mas o bom senso prevaleceu e o ex-governador foi substituído pelo deputado federal Pedro Chaves.

Deixe um comentário