Bolsonaro pode se filiar ao PP de Ciro Nogueira e Alexandre Baldy

O presidente e Ciro Nogueira estariam articulando um candidato a governador em Goiás

O presidente Jair Bolsonaro disse que pode se filiar ao partido Progressistas. O anúncio ocorreu no Piauí, onde o presidente inaugurou uma ponte, na quinta-feira, 20. A informação é da equipe de reportagem do UOL.

Bolsonaro disse que ele e o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, estão “namorando”.

Jair Bolsonaro e Ciro Nogueira: o presidente admite que está “namorado” o partido Progressistas | Foto: Reprodução

“Fui do partido Progressistas dele por muito tempo. Ele não ‘tá’ apaixonado por mim não, mas ‘tá’ me namorando. Quer que eu retorne ao partido. Quem sabe? Se ele for bom de papo. Não ‘tô’ me fazendo de difícil não, é um grande partido”, disse Bolsonaro, referindo-se tanto ao PP quanto ao senador Ciro Nogueira.

Ao receber uma pedra de opala com o mapa do Brasil, como presente de Ciro Nogueira, Bolsonaro disse: “Acho que o Ciro está apaixonado”.

Bolsonaro sugere que dois partidos estão na sua mira para filiação. Um deles é o PP — que tem tempo de televisão (e Bolsonaro vai precisar muito de tempo, sobretudo se enfrentar um peso-pesado como Lula da Silva, do PT) e tem fundo partidário e fundo eleitoral. Estão no páreo o Patriota (que pode se fundir com o PTB) e o PMB (Brasil 35). O problema do PMB é que quase não tem tempo de tevê e fundo eleitoral.

Bolsonaro e Ciro Nogueira pretendem lançar candidato a governador em Goiás. Os dois nomes mais cotados são o ex-ministro Alexandre Baldy, do PP, e o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (que estaria estudando a possibilidade de sair do MDB). Baldy é carne e uma com Ciro Nogueira e estaria cada vez mais próximo de Bolsonaro, segundo uma fonte do Palácio do Planalto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.