Barragem vai garantir abastecimento de água nos próximos 30 anos

Barragem terá capacidade para 7 bilhões e 500 milhões de litros de água. Financiada pela CEF, a obra custará mais de R$ 33 milhões

Jardel Sebba pegar esta 72496ba5-d8d8-4b13-a217-70cb74d9c2f2

O prefeito de Catalão, Jardel Sebba (PSDB), dá início a uma grande obra estruturante em Catalão: a construção de um novo sistema de captação de água bruta, incluindo uma barragem com capacidade para 7 bilhões e 500 milhões de litros de água.

A obra custará mais de R$ 33 milhões com recursos da Caixa Econômica Federal e vai afastar o risco de desabastecimento de água pelos próximos 30 anos, afirma o prefeito. Hoje, Catalão não conta com nenhum tipo de reservatório de água bruta. Nos últimos dois anos, a cidade sofreu com desabastecimento durante o período de estiagem. “Essa é uma obra voltada também para as gerações futuras. Não bastava resolver o problema no curto prazo. Era preciso planejar as próximas décadas.”

A expectativa é de que a barragem fique pronta 90 dias após o seu início. Outras obras, como instalação de adutoras, de sistemas de elevação de água bruta e de unidade de captação de água devem ser concluídas em até 24 meses.

Os serviços de água e esgoto em Catalão foram municipalizados há mais de uma década. Até o final de 2012, muito pouco havia sido investido pela Superintendência Municipal de Água e Esgoto de Catalão (SAE). Segundo o IBGE, a população de Catalão saltou de 64.347 habitantes em 2000 para 98.737 moradores em 2015. Mesmo com o crescimento significativo da população, e o risco iminente de falta de água, as gestões anteriores não fizeram os investimentos necessários para superar o problema.

Ainda em 2001, a Senha Engenharia, atendendo solicitação da própria SAE, entregou à empresa um estudo apontando com muito alta a possibilidade de colapso no abastecimento. Estudantes de graduação e pós-graduação do curso de Geografia da Universidade Federal de Goiás também chegaram à mesma conclusão e alertaram as gestões anteriores, que preferiram contar com a sorte.

Na gestão de Jardel, cerca de R$ 30 milhões foram investidos na ampliação da rede de esgoto, que saltou de 50% para 80% de cobertura dos domicílios. Outros R$ 22 milhões foram destinados à ampliação do tratamento de água e ampliação da reserva nos bairros. “Com a barragem, o risco de desabastecimento será sepultado de vez. Até lá, contamos com a colaboração da população que precisa fazer uso racional da água”, diz o prefeito.

Como dizem os economistas, Jardel Sebba está investindo em crescimento econômico e, sobretudo, em desenvolvimento.

Uma resposta para “Barragem vai garantir abastecimento de água nos próximos 30 anos”

  1. Avatar Nagaí Silva Freire disse:

    ai sim, parabéns Jardel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.