O IBGE acaba de divulgar que a economia goiana é a quarta que mais cresce no Brasil

O ex-deputado Sandro Mabel (Patriota) usou o site da Federação das Indústrias (Fieg) para criticar: “Se dependesse do governador Ronaldo Caiado, a indústria estaria morta”.

O ex-ministro Alexandre Baldy, que é industrial, tem outra visão.

Alexandre Baldy e Ronaldo Caiado | Fotos: Divulgação

“O governador Ronaldo Caiado e o secretário Joel Sant’Anna mantiveram a agressividade na atração de investimentos, fomentando a industrialização. Com isso, o Estado ampliou os argumentos para se empreender em Goiás, como no caso da região da 44”, disse Baldy, falando como industrial e referindo-se à região de comércio popular em Goiânia.

Baldy lembra que o momento é de comemorar a retomada, graças aos diversos setores, inclusive o público e o comércio, além da indústria e do agronegócio.

O IBGE acaba de divulgar que a economia goiana é a quarta que mais cresce no Brasil. “É com vitórias assim que vamos trazer ainda mais progresso para Goiás”, receita Baldy.