José Roberto Arruda, do PR, barrado pelo TSE, deve retirar sua candidatura a governador do Distrito Federal na segunda-feira, último dia para se processar a troca de candidatos.

Arruda, líder nas pesquisas, é ficha suja, mas recorreu ao STF. Porém, como sabe que não tem escapatória, estuda lançar Flávia Arrudinha, ou Flávia Furação (ela foi a moça do tempo na televisão), para governadora. Seria uma forma, se ela for eleita, de ele governador indiretamente, como uma espécie de primeiro-ministro plenipotenciário.