“Aposto na vitória de Iris Rezende contra Marconi Perillo”, afirma Francisco Gedda

bas5Candidato à reeleição, o deputado estadual Francisco Gedda, presidente do PTN, não é panglossiano, mas é um otimista inveterado. Na sexta-feira, 29, ele disse ao Jornal Opção que sua coligação, que inclui PTN, PPL, PC do B, PRTB e Solidariedade, deve eleger pelo menos quatro deputados estaduais. “Cito alguns nomes fortes: Francisco Gedda, Isaura Lemos (PC do B), Carlos Antônio (Solidariedade), Charles Bento (PRTB), José Odilon (PTN), Marcelo Pezão e Djalma Araújo (SD)”.

“Bendita a hora que não fui para a coligação de Vanderlan Cardoso. Porque ela não tem voto”, frisa Gedda.

O deputado diz que seu braço direito na campanha tem sido o ex-deputado Sérgio Caiado. “Ele está organizando estrutura para mim em Americano do Brasil e Águas Lindas, assim como Alcides Rodrigues está me apoiando em Santa Helena. Acredito que, com o apoio do prefeito Humberto Machado e de vários secretários, saio de Jataí com pelo menos 10 mil votos. Devo ter 3 mil votos em Goiânia e 2 mil votos em Santa Helena. Com os votos de outras cidades — somando tudo devo obter 22 mil a 25 mil votos —, aposto que serei reeleito.”

Gedda diz que, apesar das pesquisas de intenção de voto, “sente um movimento sutil” da sociedade goiana, que estaria “muito silenciosa”. “Dificilmente Iris Rezende vai perder a eleição para o governador Marconi Perillo. As pessoas me dizem: ‘Marconi vai ganhar, mas eu não voto nele, não’. Há algo estranho no ar.” Se há, os institutos de pesquisas não estão percebendo.

O funcionalismo público, acredita Gedda, “está priorizando Vanderlan Cardoso, do PSB, e Antônio Gomide, do PT”.

Sobre Ronaldo Caiado, Gedda diz que está praticamente eleito. “Há um sentimento generalizado de que é o candidato mais consistente, mais corajoso e que vai brilhar no Senado.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.