O prefeito de Aparecida do Rio Doce, Edy Carlos Gonçalves, o “Bodão”, do MDB, tende a ser candidato único na eleição de 2024, daqui a 11 meses.

Eleito em 2020 com 55,80% dos votos válidos (o segundo colocado obteve apenas 23,12%), Bodão não tem, até o momento, nenhum adversário. Está correndo sozinho na raia político-eleitoral. Mesmo que surja um adversário, é apontado como favoritíssimo.

Bodão filiou-se ao MDB, recentemente, com o aval do vice-governador Daniel Vilela, presidente estadual do MDB, e do vice-presidente do MDB em Goiás, Manuel Cearense. O prefeito deve se tornar aliado do deputado Lucas do Vale, do MDB.

“Bodão é um craque da política e da administração pública. É bem possível que se pode definir assim a história de Aparecida do Rio Doce: antes e depois de Bodão”, afirma Manuel Cearense. (E.F.B.)