Ao obedecer Iris Rezende, o presidente do Legislativo desagrada vereadores

Iris Rezende veta disposições de servidores para gabinetes de vereadores e Andrey Azeredo o obedece caninamente

Arquivo

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Andrey Azeredo (PMDB), vive um dilema: quer servir a dois senhores — o prefeito Iris Rezende (PMDB), seu chefe político, e os vereadores, que deveria representar. O fato é que é dirigido pelo gestor peemedebista e, por isso, abandona os vereadores ao deus-dará.

É praxe os vereadores requisitaram funcionários públicos para trabalhar nos seus gabinetes. É a chamada “disposição”. Iris Rezende, apesar dos pedidos e pressões, não assinou nenhuma disposição de funcionários. Os vereadores afirmam que não sabem os motivos pelos quais o prefeito não quer liberar os servidores.

A principal reclamação dos vereadores é que Andrey Azeredo, embora seja representante de um poder independente, não enfrenta Iris Rezende.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.