Na manhã desta terça-feira, 23, o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, confirmou em reunião no Palácio das Esmeraldas que está de saída do Patriota e de chegada ao MDB. Como resultado, o atual prefeito e pré-candidato à reeleição Vilmar Mariano (Podemos), que assumiu como vice de Mendanha em 2020, poderá acompanhá-lo para o partido. O problema é que o MDB já possui um pré-candidato em Aparecida: o opositor do prefeito e presidente da Câmara Municipal André Fortaleza

Gustavo Mendanha afirmou que vai assumir a missão de “pacificar a relação” entre Executivo e Legislativo no município. O desentendimento é negado tanto pelo prefeito Vilmar Mariano quanto pelo vereador André Fortaleza, que garantem que a antipatia mútua se restringe ao trato pessoal, sem afetar a institucionalidade.

Segundo André Fortaleza, no campo da institucionalidade, a relação entre Câmara e Paço é tranquila e todos os projetos importantes para a cidade são pautados sem distinção. Já no campo da política, se a migração partidária de Mariano se confirmar, o nó terá de ser desatado pelo presidente do partido no estado Daniel Vilela. Fortaleza afirma ainda que, se for o caso, irá enfrentá-lo nas prévias do MDB “sem dificuldades”. (I.W.)