Aliados garantem que Júnior Friboi será candidato a governador. “E é sem volta”

bastidores.qxd

Júnior Friboi e Marcelo Melo: o segundo garante que o primeiro será candidato a governador; sem ele, o PMDB desmorona

O grupo de Iris Rezende aposta que o veterano líder será candidato a governador. Pode ser. O peemedebista sabe como funciona o pulo do gato. Mas o Jornal Opção conversou com deputados federais, estaduais e prefeitos do PMDB e todos disseram que a candidatura de Júnior do Friboi “é mais do que certa — é irreversível”. O pré-candidato a deputado federal Marcelo Melo, um dos poucos que optaram por falar em “on”, disse que não há mais volta: “Nós vamos até o fim com o Júnior. Estou abraçado até à morte com o projeto dele”.

Líder político no Entorno do Distrito Federal, Marcelo Melo frisa que, em 2010, se contasse com um pouco mais de recursos, Iris teria sido eleito governador. “Perdemos por inanição financeira”, frisa o ex-deputado federal e vice do ex-governador naquela disputa. “Agora, com Júnior, há estrutura e temos condições de eleger o governador. Perdemos quatro eleições e não queremos perder a quinta.”

Marcelo Melo afirma que todos os diretórios do PMDB no Entorno de Brasília hipotecam apoio integral a Friboi. “O apoio ocorre, na verdade, em todo o Estado. Dos quatro deputados federais, três [Sandro Mabel, Pedro Chaves e Leandro Vilela] estão integral e radicalmente com Friboi.” Um deputado estadual complementa: “Daniel Vilela, José Essado, Paulo Cezar Martins, Bruno Peixoto, Luiz Carlos do Carmo e o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela, estão afinados com Júnior”.

Um ex-deputado afirma que o grupo de Iris está “fazendo tudo errado” e “não percebe que, se perder Júnior agora, toda a estrutura do PMDB vai desmoronar”. Ele aposta que, sem Friboi no páreo, disputando o governo, “vai faltar candidato a deputado e, sobretudo, vai ser um deus-nos-acuda”. Um prefeito peemedebista diz que admira Iris, mas sugere que as pesquisas, em especial as qualitativas, indicam que o decano peemedebista sai na frente, ou empatado com o governador Marconi Perillo, “mas tende a se desidratar”. Ele frisa que o PMDB tem de perceber os novos tempos. “Por que será que Marconi prefere enfrentar Iris? Porque é o candidato mais previsível.”

Um deputado, que já foi grande apoiador de Iris e ainda o respeita, frisa: “Sinceramente, todo o PMDB quer Friboi para governador, mas também aprova Iris para senador”. E acrescenta: “Mas poucos querem, na verdade, Iris para governador. Porque, se disputar, é derrota certa. Até quando vamos nos iludir de que Iris pode derrotar Marconi?”

Os prefeitos de Jataí, Humberto Machado, e o de Porangatu, Eronildo Valadares, para citar apenas dois, estão “dentro” da campanha de Friboi e não tem qualquer entusiasmo com Iris. Dos partidos aliados, o deputado estadual Francisco Gedda é o mais animado com Júnior.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.