Alego deve se adaptar para sessões híbridas

Durante fase mais crítica da pandemia as sessões remotas foram adotadas e agradaram os deputados goianos

Os deputados goianos já avaliam um Projeto de Lei que vai tornar permanente a realização das sessões em formatos híbridos. A Assembleia Legislativa de Goiás vai precisar mudar mudar o regimento interno para o formato prossiga.

O projeto que muda o regimento interno já está em tramitação e foi proposta pela Mesa Diretora da Casa. A ideia inicial é que as sessões híbridas seja limitado anualmente a 40% do total das sessões.

O projeto já é está na Comissão de Constituição, Justiça e Redação. O relator escolhido foi o deputado Wilde Cambão (PSD), que já deu parecer favorável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.