Agenda de Marconi Perillo é exaustiva mais para auxiliares do que para ele

O tucano deixa uma cidade às 2 horas da madrugada, no extremo sul, e, no dia seguinte, às 8 horas, já está numa cidade do extremo norte de Goiás

Dois políticos e um jornalista decidiram acompanhar a agenda do governador de Goiás, Marconi Perillo, e ficaram impressionados. Na terça-feira, 27 — num só dia —, enquanto o senador Ronaldo Caiado e o deputado Daniel Vilela se criticavam em reuniões internas de seus partidos, o tucano-chefe visitou nove cidades. Visitar não é ficar dez minutos. Ele fica nas cidades, conversa com a sociedade organizada e participa de eventos.

Ele chegou em Itumbiara, a última etapa do périplo, à meia-noite. Foi prestigiar o “Arraiá do Cerrado”. O tucano-chefe deixou a cidade por volta das 2 horas da madrugada — sem demonstrar cansaço ou desânimo. No dia seguinte, visitou Amaralina, no Norte de Goiás, antes das 8 horas.

A resistência do tucano é extraordinária. Quando lhe perguntam o motivo, sempre responde que fazer o bem comum, tornar as pessoas felizes, é a razão de sua vida.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.