Advogado dos Bolsonaro, Wassef teria planejado sequestrar jornalista de “O Globo”

“Bebianno disse que Bolsonaro sabia escolher a dedo as piores pessoas para trabalhar junto com ele. Ele disse que uma pessoa em especial era muito perigosa”

Frederick Wassef e Lauro Jardim: o advogado supostamente planejou o sequestro do jornalista e colunista de “O Globo” | Foto: Reprodução

A ex-redatora-chefe da revista “Veja” Thaís Oyama disse, em entrevista ao programa “3 em 1”, da Rádio Jovem Pan, que o advogado do presidente Jair Bolsonaro e Flávio Bolsonaro, Frederick Wassef, teria planejado sequestrar o jornalista Lauro Jardim, colunista do jornal “O Globo” e ex-colunista da “Veja”.

Thaís Oyama: denúncia contra Frederick Wassef | Foto: Reprodução

“O [advogado Gustavo] Bebianno disse que o presidente Bolsonaro sabia escolher a dedo as piores pessoas para trabalhar junto com ele. Ele disse que uma pessoa em especial era muito perigosa. Ele contou que essa pessoa tinha o hábito de intimidar jornalistas e que tinha inclusive tentado sequestrar o colunista do ‘Globo’ Lauro Jardim. Na época o Bebianno não falou quem era essa pessoa, mas essa pessoa era o Frederick Wassef”, frisa Thaís Oyama.

Gustavo Bebianno e Jair Bolsonaro: o advogado disse que o presidente gosta de se cercar de gente perigosa| Foto: Marcos Corrêa/PR

A jornalista, autora do livro “Tormenta: O Governo Bolsonaro — Crises, Intrigas e Segredos” (Companhia das Letras, 272 páginas), sublinha que Wassef “é um elemento altamente instável, tem uma personalidade muito forte e sabe intimidar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.