Puxadores de votos do partido criticam “armadilha” criada por deputado e condenam prioridade da família Tejota a Rubens Marques; veja a lista dos candidatos

Lincoln Tejota, pré-candidato a vice-governador na chapa de Ronaldo Caiado | Foto: Alego

A adesão sem prévio aviso da família Tejota (leia-se Sebastião Tejota, conselheiro do TCE, e Lincoln Tejota, deputado estadual) à chapa do senador Ronaldo Caiado está esfacelando a chapa do PROS para a Assembleia Legislativa, até agora considerada uma das mais competitivas da corrida proporcional. Os puxadores de votos estão revoltados com o deputado Lincoln Tejota e se rebelaram contra a decisão da família do presidente estadual do partido de concentrar todos os esforços na candidatura de Rubens Marques para deputado estadual.

A rebelião tem a frente pesos pesados, entre eles o delegado Álvaro Cássio, o coronel do Corpo de Bombeiros Militar Carlos Helbingen, o deputado estadual e candidato à reeleição Sérgio Bravo, o ex-prefeito de Cidade Ocidental Alex Batista e o suplente de vereador por Goiânia Cairo Salim. As lideranças reclamam do clima interno de perseguição e de uma sucessão de atos que desrespeitam o estatuto do PROS, como a transferência das reuniões do partido do diretório estadual para a residência do senador Wilder Morais (DEM).

Rubens Marques é o pré-candidato a deputado estadual bancado pela família Tejota

“O que podemos assegurar é que o ambiente tem piorado muito, sobretudo com as ameaças e perseguições que estão fazendo aos companheiros”, afirma um dos pré-candidatos, que pede para não ser identificado em função do “clima de perseguição”. “Estão querendo constranger o presidente nacional e fundador do PROS, Eurípedes Júnior, marcando o próximo evento do partido, nesta quinta-feira, 26, na casa do senador Wilder Morais”, afirma outro integrante da legenda.

Relação de candidatos do partido

Cezinha – 90.000

Amauri – 90.123

Frederico Nascimento – 90.999

Ulisses – 90.777

João Gomes – 90.

Vera Bispo – 90.400

Bruno Manoel – 90.045

Poliana – 90.088

Comandante Helbinger – 90.193

Carlos Mangão – 90.190

Welton – 90.789

Ezequias Jr. 90.125

Renan Lobo – 90.090

Wilson – 90.456

Ivanete – 90.333

Daniel Nogueira – 90.222

Rhay – 90.010

Ricardo da Carpa – 90.900

Tenente Souza – 90.140

Cairo Salim – 90.500

Vinicius Cirqueira – 90.100

Álvaro – 90.001

Elias – 90.150

Tânia – 90.800

Zé Onofre – 90.525

Regina – 90.700

Maura – 90.013

Eduardo Aires – 90.780

Rubens Marques – 90.555

Luiz Gasper – 90.101

Elcy – 90.800

Rosa Nunes – 90.234

Maria Elita – 90.321

Alan Pedreiro – 90.

Almirando – 90.147

Alex – 90.122 ou 90.602

Gilmar – 90.444

Sérgio Bravo – 90.111

Everaldo – 90.200

Vandinho – 90.11