Acabaram as especulações: Demóstenes será mesmo candidato a deputado federal

O procurador de justiça procurou o presidente de seu partido, o deputado federal Jovair Arantes, e o governador José Eliton e cedeu aos argumentos de ambos

O governador José Eliton e o procurador de justiça Demóstenes Torres; este vai disputar mandato de deputado federal

Está confirmado: o procurador Demóstenes Torres (PTB) adiou seu sonho de voltar ao Senado e, neste ano, será candidato a deputado federal. Na tarde de quarta-feira, 25, Demóstenes procurou o presidente de seu partido, o deputado federal Jovair Arantes, e o governador José Eliton e cedeu aos argumentos de ambos. Sua primeira providência será voltar de vez às mídias sociais, território que dominou enquanto teve mandato. “Fiz mais de 500 vídeos de Direito e vamos postar”, disse Demóstenes sobre os próximos passos da pré-campanha. “Nada de pedido de voto e muita prestação de serviços.”

Ao Jornal Opção, Demóstenes se ateve também à parte política. Mostrou-se grato, citou uma infinidade de nomes, preocupado em agradecer “a todos que manifestaram publicamente apoio” ao seu retorno como senador. Seis partidos, a maioria da bancada governista no Congresso Nacional e na Assembleia e grande parte dos prefeitos estava com Demóstenes. Mas o ex-governador Marconi Perillo havia empenhado sua palavra com a reeleição da senadora Lúcia Vânia e a manteve. Não havia como o PTB ganhar a disputa interna com o maior líder do PSDB.

Jovair Arantes e Demóstenes Torres: o segundo atendeu ao apelo do primeiro | Foto: Ruber Couto

Demóstenes vai continuar amanhã, 26/7, a se reunir com prefeitos, ex-prefeitos e outras lideranças municipais. Nesta tarde, já esteve com oito deles, inclusive o de Anápolis, Roberto Naves. Já tem extensa lista de pré-candidatos a deputado estadual interessados em fazer com ele as chamadas dobradinhas. O procurador considera acertada sua decisão de permanecer na base aliada: “Jovair esteve comigo em todos os momentos, o que só ratifica minha opção por me filiar ao PTB por causa de sua lealdade, seu companheirismo. O governador José Eliton confirmou as melhores expectativas que se pode ter em relação a um amigo e líder. A maioria das lideranças municipais e estaduais que me apoia é da base, então, estou no lugar certo”.

O procurador está animado. Há motivos. Teve 12 vitórias seguida na Justiça, que o manteve ficha limpa: “Falei que iria provar a minha inocência e ela foi provada e está sacramentada em todas as instâncias da Justiça, inclusive no mérito”. Há pesquisas que o colocam em segundo lugar, portanto, dentro do limite de duas vagas que serão abertas no Senado. Na modalidade espontânea, em todos os institutos, está empatado tecnicamente com o segundo colocado. Para quem passou os últimos seis anos sendo vítima de todo tipo de fake news, Demóstenes demonstra muita vitalidade política.

Deixe um comentário