Entre os favoritos estão Lissauer Vieira, Flávia Morais, Zacharias Calil, Jefferson Rodrigues e Célio Silveira

É claro que mais de 61 políticos vão disputar as 17 vagas para a Câmara dos Deputados em outubro de 2022 — daqui a um ano e um mês. Os nomes listados foram apresentados pelas lideranças partidárias e não significam que são os favoritos, mas, segundo os líderes, são as figuras mais emblemáticas, ao menos até agora.

Alguns líderes partidários — como Jorcelino Braga, do Patriota — foram cautelosos em apresentar seus pré-candidatos. Dois deles alegaram que, se mencionarem todos os nomes agora, líderes de outros partidos “cairão matando” para conquistá-los. É mesmo possível.

O ex-ministro Henrique Meirelles aparece como candidato a deputado federal, porque citado por alguns líderes partidários. Mas ele tem dito aos seus aliados, como o presidente do PSD, Vilmar Rocha, que só se interessa pela disputa da vaga no Senado. Cristóvão Tormin chegou a ser citado, mas uma fonte ligada a ele afirma que irá disputar mandato de deputado estadual. O deputado estadual Wilde Cambão (PSD) é listado, mas há quem o aponte como possível candidato à reeleição. O fato é que, como são de Luziânia e compartilham o mesmo grupo político, se Tormin for a estadual, Cambão terá de sair do páreo — optando pela disputa de uma vaga na Câmara dos Deputados.

O deputado federal Delegado Waldir Soares pleiteia uma vaga no Senado. Mas acabou citado pelas lideranças partidárias como possível candidato a deputado federal. Se disputar a reeleição, é mencionado como o possível campeão de voto.

É provável que alguns dos listados não disputem a eleição de 2022, ou então troquem de projeto político. E, claro, outros nomes surgirão, às vezes até mais cotados do que os arrolados. Porém, por enquanto, os 61 mencionados são apontados com os guerreiros que vão disputar as 17 vagas de Goiás em Brasília.

1

Adriano do Baldy/PP

Deputado federal. Aparece na lista dos favoritos, por ter o apoio do ex-ministro Alexandre Baldy.

2

Agenor Rezende/MDB

Comenta-se que o ex-prefeito de Mineiros pode disputar mandato de deputado federal ou estadual.

3

Alcides “Cidinho” Rodrigues/Patriota

O deputado federal não parecia muito animado de ir à reeleição. Mas recuou e deve disputar.

4

Capitão Pires/PSL

Capitão do Exército e vice-prefeito de Porangatu, Capitão Pires quer ser o Delegado Waldir do Norte goiano.

5

Capitão Wagão/PSL

Bolsonarista roxo, Capitão Wagão milita politicamente em Jaraguá, onde é presidente do PSL.

6

Célio Silveira/PSDB

O deputado federal vai disputar a eleição por qualquer outro partido, menos pelo PSDB. Estão no seu pé o Republicanos (na comissão de frente), o Democratas, o PSL e o MDB. E há outros.

7

Damares Alves (PSL)

É uma das apostas do Delegado Waldir Soares, mas ainda não bateu o martelo.

8

Daniel Messac/Pros

O postulante evangélico é bancado pela Igreja Mundial.

9

Delegado Waldir Soares/PSL

O deputado federal prefere disputar mandato de senador.

10

Eládio Carneiro/PSL

É uma das apostas do PSL no Entorno de Brasília. O advogado é um político articulado. É ligado ao Delegado Waldir.

11

Elias Vaz/PSB

Se não for candidato a deputado federal, é cotado para disputar o governo do Estado.

12

Enio Tatico/Sem partido

O ex-deputado quer voltar à Câmara dos Deputados.

13

Evandro Magal/PP

O ex-prefeito de Caldas Novas tem dito que poderá ser candidato a deputado federal pelo PSDB. Ele conta aos aliados que Marconi Perillo não para de assediá-lo politicamente. É apontado como o “candidato” da Enel.

14

Fábio Sousa/Sem partido

Líder religioso da Igreja Fonte da Vida, é um dos nomes fortes para 2022.

15

Flávia Cunha/Podemos

É apontada como a candidata “do” senador Jorge Kajuru. Ela pode disputar, mas a família é uma barreira.

16

Flávia Morais/PDT

A deputada federal é apontada, ao lado de Delegado Waldir, como uma das possíveis campeãs de voto.

17

Flaviane Scopel/PSL

Segunda colocada no pleito para prefeita de Jataí, em 2020, é uma das apostas do Delegado Waldir.

18

Francisco Júnior/PSD

O deputado federal é o principal nome do PSD para o pleito de 2022.

19

Glaustin da Fokus/PSC

O deputado federal figura na lista dos favoritos.

20

Gustavo Gayer/DC

É a principal aposta da Democracia Cristã.

21

Helio de Sousa/PSDB

O deputado federal é cotado para disputa pelo PSDB ou pelo PSL.

22

Hélio Lopes (DEM)

O presidente do Ipasgo tem o apoio do terceiro setor e das APAEs. Há quem aposte que pode obter de 30 mil a 40 mil votos em Anápolis.

23

Henrique Meirelles/PSD

Prefere disputar para senador.

24

Hildo do Candango/PTB

Perdeu força em Águas Lindas, mas é um político popular e respeitado no Entorno de Brasília.

25

Humberto Teófilo/PSL

O deputado estadual é uma das apostas do PSL.

26

Igor Franco/Pros

É tido como o nome bancado por Jovair Arantes, ex-deputado federal.

27

Ismael Alexandrino/DEM

O secretário da Saúde ainda não se decidiu, mas é cotado para a disputa.

28

Izaura Cardoso/PSD

Mulher do senador Vanderlan Cardoso, é um nome forte no meio evangélico. Ela é atuante.

29

Jefferson Rodrigues/Republicanos

É a principal aposta do Republicanos e da Igreja Universal.

30

José Antônio da Silva Netto/Republicanos

O ex-prefeito de Itumbiara é bancado pelo deputado João Campos. Há quem aposte que vai “segurar” a vaga para o aliado.

31

José Mário Schreiner/DEM

O deputado federal aumentou sua musculatura política. É um nome forte em todo o Estado, sobretudo no Sudoeste.

32

José Nelto/Podemos

O deputado federal é o principal nome do Podemos. Mas não se sabe se continuará no partido.

33

Júlio Paschoal/PP

É o candidato do Sudeste goiano, notadamente de Catalão.

34

Leandro Vilela (MDB)

O ex-deputado pode recuar e apoiar Márcio Corrêa.

35

Lissauer Vieira/PP

É o principal nome do PP para deputado federal. É presidente da Assembleia Legislativa. No momento, é filiado ao PSB.

36

Lucas Kitão/PSL

O jovem vereador é uma aposta do PSL em Goiânia.

37

Lucas Vergílio/SD

O deputado federal terá dificuldade de se eleger, se as coligações partidárias não forem aprovadas. Mas ele é um político experimentado.

38

Lúcia Vânia/DEM

A ex-senadora estaria disposta a disputar mandato de deputada federal.

39

Luiz Carlos do Carmo/MDB

O senador planeja disputar a reeleição. Mas é listado como possível candidato a deputado federal.

40

Magda Mofatto/PL

A deputada federal é uma candidata forte, mas esbarra num problema: sem coligações partidárias, terá dificuldades.

41

Major Araújo/PSL

É um dos favoritos do PSL. É deputado estadual.

42

Major Vitor Hugo/PSL

É a principal aposta do presidente Jair Bolsonaro em Goiás.

43

Márcio Corrêa/MDB

É uma das principais apostas do MDB em Goiás. É ligado ao ex-deputado Daniel Vilela.

44

Marconi Perillo/PSDB

É a principal esperança do tucanato. Ele aposta que terá no mínimo 200 mil votos.

45

Marcos Rios/DEM

O promotor de Justiça é apontado como um nome que pode surpreender.

46

Nilo Resende/DEM

Ele não definiu o partido. Tem dito também que pode apoiar Gustavo Mendanha para governador.

47

Paulo Trabalho/PSL

É o principal nome do PSL no Nordeste goiano (região com poucos eleitores).

48

Pedro Sales/DEM

O presidente da Goinfra ainda não se definiu. Mas tem sido citado com frequência.

49

Priscila Tejota/PSD

A ex-vereadora conta com o apoio do ex-marido Lincoln Tejota.

50

Professor Alcides Ribeiro/Podemos

O deputado federal ainda está filiado ao PP. Mas vai sair.

51

Rafael Pareja/PSL

O delegado de polícia é um nome considerado popular no Entorno de Brasília.

52

Renan Bolsonaro/PSL

O filho do presidente Jair Bolsonaro está estudando a possibilidade de disputar mandato em Goiás.

53

Renato Câmara/MDB

O candidato do MDB em Rio Verde é sobrinho do ex-prefeito Paulo Roberto Cunha. É empresário respeitado na região Sudoeste.

54

Rodney Miranda/DEM

O secretário de Segurança Pública se tornou um nome popular. Ainda não disse que disputará.

55

Romário Policarpo/Patriota

O presidente da Câmara Municipal é cotado como um nome que pode surpreender.

56

Rubens Otoni/PT

É o principal nome do petismo em Goiás.

57

Sabrina Garcez/PSD

A vereadora de Goiânia é uma das apostas do PSD e do senador Vanderlan Cardoso.

58

Sargento Denise/PSL

A policial militar é popular em Valparaíso de Goiás.

59

Vilmar Rocha/PSD

Não quer disputar. Mas, se pressionado pelo partido — se a coligação partidária não for aprovada (dificilmente será) —, pode ser candidato. É cotado para a suplência de Henrique Meirelles na disputa pelo Senado.

60

Wilde Cambão/DEM

O deputado estadual pode não ter cacife para a disputa. Mas é apontado como postulante a deputado federal.

61

Zacharias Calil/DEM

O médico e deputado federal pretende disputar mandato de senador. Mas o meio-campo, na base governista, está congestionado.