4 engenheiros disputam a presidência do Crea no dia 15 de julho

Idalino Serra, Jovanilson Faleiro, Lamartine Moreira Júnior e Peterson Gomes são os profissionais que pleiteiam o comando do Conselho Regional

Jovanilson Faleiro, um dos nomes da oposição, planeja renovar o Crea | Foto: Divulgação

A disputa para presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás está acirrada. Disputam o comando do Crea: os engenheiros eletricistas Jovanilson Faleiro Freitas e Petersonn Gomes Caparrosa Silva e os engenheiros civis Idalino Serra Hortêncio e Lamartine Moreira Júnior (é o candidato bancado pela situação). A eleição será realizada no dia 15 de julho — numa quarta-feira —, das 8h às 19h, na sede do Crea, em Goiânia.

Lamartine Moreira: o candidato da situação | Foto: Reprodução

Para presidente do Conselho Federal disputam os engenheiros civis Diogo Mesquita Aguiar, Alexandre Magno Santos Cruz, Joel Kruger, Paulo Roberto de Queiroz Guimarães, Rizomar Rodrigues da Silva e Marcos Moliterno.

Petersonn Caparrosa: candidato à direção do Crea | Foto: Reprodução

Para a diretoria da Mútua Caixa (a caixa de assistência dos profissionais do sistema em Goiás) disputam: para diretor-administrativo — os engenheiros eletricistas Bruno dos Santos Aguiar e Urias Luís da Silva Fleury e o engenheiro mecânico Fábio Souza Gomes; e para diretor-geral — o engenheiro civil Luiz Soares de Queiroz.

Idalino Serra Hortêncio: candidato a presidente do Crea | Foto: Reprodução

Jovanilson Freitas frisa que os profissionais das engenharias têm sido “preferidos”. “Nosso sistema é o último a participar das discussões das engenharias”, afirma. “Obras são embargadas e interditadas sem nós manifestarmos. As empresas de engenharia estão desacreditadas e destruídas e postos de trabalho são eliminados sem posicionamento do sistema”, diz. O candidato não diz isto, mas, no debate sobre as cidades, sobretudo dos problemas (e soluções para) de Goiânia, os arquitetos do CAU têm saído bem na frente, com discussões e questionamento de qualidade e posicionamento firme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.