32 players para a disputa eleitoral de 2026 que terão força política já em 2022

Lincoln Tejota, Daniel Vilela e Vanderlan Cardoso planejam disputar o governo de Goiás em 2026. O emedebista pode ser candidato já em 2022

Uma eleição joga a outra, às vezes com mais ou menos intensidade. Veja-se um exemplo: o vice na chapa do governador Ronaldo Caiado, do partido Democratas, poderá se tornar governador em 2026 e, portanto, candidato à reeleição. Claro que se Ronaldo Caiado for reeleito em 2022 — no momento, é o favorito. Então, se o vice for Lincoln Tejota — que está no jogo e tem apreço do governador — ou Daniel Vilela, um deles terá chance de continuar no poder. Portanto, 2026 começa a ser definido em 2022. O senador Vanderlan Cardoso, que aumentou a musculatura do PSD ao atrair a filiação do ex-ministro Henrique Meirelles — que deverá ser candidato a senador na chapa de Ronaldo Caiado —, é cotado para disputar o governo em 2026. Para tanto, está tratando de fortalecer o PSD agora. O futuro nunca é jogado no futuro — é sempre uma construção do presente.

Durante toda a semana, o Jornal Opção conversou com vários políticos e pediu para que apontassem os políticos que devem ser players em Goiânia entre 2022, 2026 e 2030. Questões muito “remotas”? Nenhum dos entrevistados concorda: todos disseram praticamente a mesma coisa: o futuro chega mais rápido do que se imagina, e, às vezes, de maneira inesperada. Por isso, afirmam, lideranças que não foram listadas poderão surgir e se consolidar rapidamente. Como a pergunta não incluía idade dos players, os políticos mencionaram também Henrique Meirelles, de 75 anos. Ronaldo Caiado, de 71 anos, também foi mencionado. Ele é um líder consolidado e, no momento, é o principal player da política de Goiás.

A lista a seguir está disposta em ordem alfabética.

1
Adriana Accorsi/PT

Adriana Accorsi, deputada estadual | Foto: Divulgação

A deputada estadual precisa arriscar mais. Porque a Assembleia Legislativa ficou pequena para ela. Precisa disputar mandato de deputada federal ou até mesmo de governadora. Já disputou duas vezes a Prefeitura de Goiânia, mas, embora bem votada, nunca foi eleita.

2
Alexandre Baldy/PP

Alexandre Baldy: presidente do Progressistas em Goiás | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

Aos 40 anos de idade, já foi deputado federal, ministro das Cidades e é secretário de Transportes Metropolitanos do governo do Estado de São Paulo. É cotado para um cargo federal. Planeja disputar mandato de senador em 2022. Seu principal equívoco foi ter se atritado com o governador Ronaldo Caiado, ao deixar de perceber que só é forte na corte quem é forte na província. Ainda assim, é um articulador político hábil.

3
Daniel Vilela/MDB

Daniel Vilela: presidente do MDB | Foto: Reprodução

O presidente do MDB tem 37 anos, foi vereador, deputado estadual, deputado federal e disputou o governo de Goiás em 2018, ficando em segundo lugar, atrás apenas do governador Ronaldo Caiado, e na frente do então candidato governista, José Eliton. Em 2022, pode disputar o governo. Mas tem sido aconselhado por aliados a ser o vice de Ronaldo Caiado para, em 2026, disputar o governo.

4
Delegado Waldir/PSL

Delegado Waldir Soares | Foto: Luís Macedo/Câmara dos Deputados

O deputado federal foi eleito em 2014 e reeleito em 2018 com a maior votação da história de Goiás. É uma força da natureza e estabeleceu uma conexão precisa com seus eleitores via redes sociais. Pode ser candidato a senador em 2022. Não deve ser subestimado.

5
Diego Sorgatto/DEM

O deputado estadual Diego Sorgatto, prefeito de Luziânia / Foto: Reprodução

O jovem de 30 anos, ex-deputado estadual, foi eleito prefeito de Luziânia, em 2020, de maneira acachapante. Deve disputar a reeleição em 2024. Em seguida, vai postular mandato na Câmara dos Deputados. Seu sonho é, no momento adequado, ser governador de Goiás. Ele tem o tempo como seu principal aliado. É 41 anos mais novo do que Ronaldo Caiado e 18 anos mais novo do que Vanderlan Cardoso.

6
Flávia Morais/PDT

Flávia Morais, deputada federal| Foto: Divulgação

A deputada federal é discreta, mas trabalha, em todo o Estado, como uma formiguinha. Tanto que, quando os votos são contados, sempre aparece como uma das preferidas dos eleitores. Em 2018, foi a segunda mais votada, ficando atrás apenas do Delegado Waldir.

7
Francisco Júnior/PSD

Francisco Júnior, deputado federal | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

O deputado federal é considerado progressista em termos administrativos e reacionário em termos de comportamento. Para projetos proporcionais, como deputado federal, não há nenhum problema. Mas, para cargos majoritários, pode ser um problema. Mas é um nome a considerar, porque tem ideias de como, por exemplo, administrar uma cidade.

8
Gustavo Mendanha/MDB

Gustavo Mendanha, prefeito de Aparecida de Goiânia | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O prefeito de Aparecida, de 38 anos, é um fenômeno eleitoral. Em 2020, obteve mais de 90% dos votos dos eleitores. É diplomático, articula com habilidade. Pode disputar o governo de Goiás em 2026 ou 2030. Também é cotado para senador numa destas eleições. No momento, afirma que pretende ser um prefeito eficiente.

9
Henrique César/PSC

Henrique César, deputado estadual | Foto: Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

O deputado estadual é discreto, não faz alarde de sua força eleitoral. Mas, em 2018, foi o mais votado de Goiás. A Igreja Assembleia de Deus está preparando-o para voos mais altos — talvez, um dia, disputar o governo do Estado. Jovem, deve disputar a reeleição em 2022. Mas, a partir de 2026, deve buscar uma vaga na Câmara dos Deputados. É genro do pastor Oídes José do Carmo, um dos líderes evangélicos mais respeitados de Goiás.

10
Henrique Meirelles

Henrique Meirelles, ex-ministro da Fazenda | Foto: Divulgação

O engenheiro já foi presidente do BankBoston, presidente do Banco Central, ministro da Fazenda e, hoje, é secretário da Fazenda e Planejamento do governo de São Paulo. Deve disputar mandato de senador em 2022. Na chapa de Ronaldo Caiado, é apontado como praticamente imbatível.

11
Issy Quinan/PP

Issy Quinan: ex-prefeito de Vianópolis | Foto: Fábio Costa

Foi prefeito de Vianópolis, por duas vezes, e é um político preparado e um articulador hábil. Vai disputar mandato de deputado estadual em 2022. Se for eleito, pode iniciar uma carreira vitoriosa em Goiás. Com pouco mais de 40 anos, tem futuro, se firmar as alianças apropriadas.

12
Jânio Darrot/Patriota

Jânio Darrot: ex-prefeito de Trindade | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Empresário, ex-deputado estadual, ex-prefeito de Trindade, eleito e reeleito, é um político altamente cotado. Pode disputar mandato de governador, senador ou deputado federal em 2022. Pertenceu ao PSDB, mas não absorveu seu desgaste.

13
João Alberto Rodrigues/Patriota

João Alberto Rodrigues: prefeito de Santa Helena de Goiás| Foto: reprodução

O prefeito de Santa Helena é apontado como um gestor eficiente. Em 2026, a tendência é que dispute mandato de deputado federal. Filho do ex-governador e deputado federal Alcides Cidinho Rodrigues, João Alberto, segundo aliados, sonha com o governo de Goiás, em algum momento de sua trajetória política.

14
João Campos/Republicanos

João Campos: deputado federal | Foto: Divulgação

Falta ousadia política ao deputado federal. Mas em Brasília, na Câmara, é apontado como atuante e posicionado. Quer ser candidato a senador, mas não sabe bater a mão na mesa e pressionar para que lhe abram espaço. Na política, se o político quiser crescer, é preciso usar os cotovelos.

15
Jorge Kajuru/Cidadania

Jorge Kajuru: senador | Foto: Senado

A maior barreira à carreira política do Senador são os problemas de saúde. Mas ele tem uma vontade indômita. O problema é que não se sente bem convivendo com políticos e pode desistir de novas disputas. Mas, popularíssimo, é sempre bem avaliado pelos eleitores tanto para a reeleição quanto para governador. Uma pesquisa recente mostra que, com Ronaldo Caiado em primeiro lugar, é o segundo colocado (só que, amigo do governador, não quer disputar).

16
Lincoln Tejota/Cidadania

Lincoln Tejota, vice-governador de Goiás | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O vice-governador, de 37 anos, luta para continuar na vice de Ronaldo Caiado em 2022.Se continuar, e se o governador for reeleito, ele assumirá o governo em 2026 e será candidato natural ao governo. Lincoln está no jogo e quem o subestimar pode acabar dançando.

17
Lissauer Vieira/PSB

Lissauer Vieira: deputado estadual | Foto: Ruber Couto/Alego

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás é um dos principais responsáveis pela governabilidade da gestão de Ronaldo Caiado. Deve ser candidato a deputado federal em 2022. Mas também é cotado para ser vice.

18
Lucas Antonietti/Podemos

Lucas Antonietti: prefeito de Águas Lindas | Foto: Jornal Águas Lindas

O médico e prefeito de Águas Lindas — uma das cidades que mais crescem na América Latina — planeja disputar a reeleição em 2024. Mas o deputado federal José Nelto frisa que o Podemos tem projetos maiores para ele. Talvez, mais tarde, uma disputa para o governo de Goiás. Mas é cedo para discutir tal assunto, afirma o parlamentar.

19
Marden Júnior/Patriota

Marden Júnior: prefeito de Trindade | Foto Reprodução Facebook

O prefeito de Trindade enfrentou uma campanha pesada, em 2020, mas, contra os que o subestimaram, venceu a eleição. Tem discurso afiado, é bem jovem e o Patriota quer prepará-lo para, em algum momento, disputar o governo do Estado. Em 2026, a tendência é que dispute mandato de deputado federal.

20
Nárcia Kelly/PP

Nárcia Kelly, prefeita de Bela Vista | Foto: Jornal Opção

A prefeita de Bela Vista de Goiás conseguiu um feito que a todos parecia impossível: derrotou o ex-prefeito Eurípedes José do Carmo e foi reeleita com uma votação surpreendente. Em 2026, deve disputar mandato de deputada federal. Segundo aliados, ela quer ser a primeira governadora de Goiás.

21
Pábio Mossoró/MDB

Pábio Mossoró: prefeito de Valparaíso | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Humilde, mas articulador político hábil, Pábio Mossoró derrotou a deputada estadual Lêda Borges, com facilidade, na disputa de 2020. É cotado para disputar mandato de deputado estadual ou federal em 2026.

22
Paulo Vitor/Democratas
Ex-chefe de gabinete do governador Ronaldo Caiado (DEM), Paulo Vitor Avelar (DEM) é pré-candidato a prefeito em Jaraguá | Foto: Reprodução/Facebook

Paulo Vitor Avelar: prefeito de Jaraguá | Foto: Reprodução/Facebook

O prefeito de Jaraguá é jovem e irá à reeleição em 2024. Mas vai ser preparado pelo Democratas para voos mais altos a partir de 2030. Em 2026 tende a disputar mandato de deputado estadual ou, até, federal.

23
Priscilla Tejota/PSD

Priscilla Tejota: ex-vereadora | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Perdeu a eleição para vereadora em 2020. Mas é articulada politicamente e tende a disputar mandato de deputada estadual em 2022.

24
Roberto Naves/PP

Roberto Naves: prefeito de Anápolis | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O prefeito de Anápolis derrotou um ícone da política de Anápolis, o deputado estadual Antônio Gomide (PT), e foi reeleito. É cotado para vice de Ronaldo Caiado em 2022. Mas a tendência é que dispute mandato de deputado federal em 2026 e, em seguida, vai pensar em voos majoritários.

25
Rogério Cruz/Republicanos

Rogério Cruz, prefeito de Goiânia | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O prefeito de Goiânia já definiu seu projeto político: vai disputar a reeleição em 2024. Depois, afirma um aliado, “o céu é o limite”.

26
Romário Policarpo/Patriota

Romário Policarpo: vereador | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

Homem do povo, é chamado, às vezes, de “Lula de Goiás”. O presidente da Câmara Municipal de Goiânia é um articulador nato. O Patriota pode bancá-lo para deputado federal em 2022. Ele deve ser candidato a prefeito de Goiânia em 2024 ou 2028.

27
Ronaldo Caiado/Democratas

Governador Ronaldo Caiado | Foto: Divulgação

O governador é o principal player da política de Goiás. Ele tem 71 anos, mas é forte e saudável. Vai disputar a reeleição em 2022 e é apontado como “favoritíssimo” — inclusive por seus opositores. Em 2026, possivelmente disputará mandato de senador

28
Sabrina Garcez/PSD

Sabrina Garcez, vereadora | Foto: Fernando Leite

A vereadora revelou-se uma articuladora habilosa. É ligada ao senador Vanderlan Cardoso e deve ser candidata a deputada estadual ou deputada federal em 2022. Assim como Nárcia Kelly, a jovem política, sublinha um aliado, sonha em ser a primeira governadora mulher de Goiás.

29
Valmir Pedro/PSDB

Valmir Pedro, prefeito de Uruaçu | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O prefeito de Uruaçu foi reeleito em 2020 e é mencionado como possível candidato a deputado federal ou estadual em 2026. Ao lado de Itamar Leão, prefeito de Sanclerlândia, é um dos poucos tucanos que vem sobrevivendo à debacle política do PSDB.

30
Vanderlan Cardoso/PSD

Vanderlan Cardoso: senador | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Já foi prefeito de Senador Canedo, disputou o governo de Goiás, a Prefeitura de Goiânia e é senador desde 2019. Poucos políticos de Goiás têm sua experiência política. É respeitado no Senado tanto pela capacidade de articulação quanto pelo conhecimento de questões econômicas e tributárias. Deve ser candidato a governador em 2026.

31
Vanuza Valadares/Podemos

Vanuza Valadares: prefeita de Porangatu | Foto: Divulgação

A prefeita de Porangatu é uma das apostas da base política do governador Ronaldo Caiado. Ela vai disputar a reeleição em 2024. Aliados sugerem que, em 2030, pode disputar o governo do Estado. O deputado José Nelto é peremptório: “Convém não subestimar a jovem política. Ela é um fenômeno político-eleitoral. Vai longe”.

32

Virmondes Cruvinel | Foto: Maykon Cardoso/Alego

Virmondes Cruvinel/Cidadania

O deputado estadual vai disputar a reeleição em 2022. Em 2020, disputou a Prefeitura de Goiânia. Em algum momento, ele pretende disputar mandato de deputado federal e, em seguida, o governo do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.