A lista completa com os nomes de todos os 1.398 presos pelos atos golpistas do último domingo, 8, foi publicada pela secretaria de administração penitenciária do DF. Os nomes podem ser encontrados neste link. Além dos 905 homens e 493 mulheres que estão presos, outras 599 pessoas foram liberadas após serem fichadas. 

A maioria dos presos foi detida no acampamento em frente ao quartel-general do Exército de Brasília. A estrutura, instalada logo após o segundo turno em área militar, foi desmontada na segunda-feira por ordem do STF, um dia após os ataques. Audiências de custódia devem ocorrer em sistema de mutirão e ser encerradas até domingo,15.

Idosos, pessoas com problemas de saúde e mães acompanhadas de filhos com menos de 12 anos foram registradas e liberadas. Os demais homens foram levados para o Centro de Detenção Provisória do Complexo da Papuda e as mulheres para a Penitenciária Feminina do DF, conhecida como Colmeia.