A farinha nossa de cada dia, dai-nos hoje!

A farinha nossa de cada dia, dai-nos hoje!

Cantada, dentre tantos, por Djavan e Juraildes Da Cruz; exposta fartamente por Guimarães Rosa – e descrita em minúcias por Câmara Cascudo e Bariani Ortencio –, a farinha está presente na identidade culinária nacional, do escaldado das parturientes e lactantes, à farofa e ao feijão-tropeiro com picanha nos bons restaurantes