Euler de França Belém
Euler de França Belém

Ministério Público Federal investiga ex-presidente Lula como suposto “lobista em chefe do Brasil”

O petista-chefe pode ter cometido crime, segundo o MPF, de tráfico de influência

Capa edição 882 (Foto: divulgação)

A revista “Época” que está chegando às bancas neste fim de semana contém uma reportagem explosiva sobre o ex-presidente Lula da Silva, do PT. O texto é assinado pelos repórteres Thiago Bronzatto e Filipe Coutinho. A revista, a partir dos documentos obtidos, não hesita em apontá-lo como “o lobista em chefe do Brasil”. Demorou, mas o Ministério Público Federal chegou no petista-chefe e abriu investigação sobre a sua conduta. “Ele é suspeito de ajudar a Odebrecht em contratos bilionários.”

A revista relata que “a maioria das andanças de Lula” por países como Cuba, Gana, Angola e República Dominicana “foi bancada pela construtora Odebrecht”. “Época” sublinha que, “no total, o banco financiou ao menos US$ 4,1 bilhões em projetos da Odebrecht em países como Gana, República Dominicana, Venezuela e Cuba durante os governos de Lula e Dilma” (Rousseff). Segundo documentos conseguidos pela revista, “o BNDES fechou o financiamento de ao menos US$ 1,6 bilhão com destino final à Odebrecht após Lula, já como ex-presidente, se encontrar com os presidentes de Gana e da República Dominicana — sempre bancado pela empreiteira”.

Dinheiro barato do BNDES

Segundo “Época”, a construtora Odebrecht foi a “que mais se beneficiou com o dinheiro barato do banco estatal. Só no ano passado”, revela estudo do Senado, “a empresa recebeu US$ 848 milhões em operações de crédito para tocar empreendimentos no exterior — 42% do total financiado pelo BNDES”.

A revista assinala que, se moralmente, “as atividades de Lula como ex-presidente são questionáveis, à luz das leis brasileiras, há indícios de crimes”. O Ministério Público avalia que, sim, há indícios de atividade ilegal do ex-presidente. Documentos divulgados por “Época” mostram que “o núcleo de Combate à Corrupção da Procuradoria da República em Brasília abriu, há uma semana, investigação contra Lula por tráfico de influência internacional e no Brasil. O ex-presidente é formalmente suspeito de usar sua influência para facilitar negócios da Odebrecht com representantes de governos estrangeiros onde a empresa toca obras com dinheiro do BNDES”.

A revista publica um resumo do processo, com texto do Ministério Público Federal: “Tráfico de influência. Lula. BNDES. Supostas vantagens econômicas obtidas, direta ou indiretamente, da empreiteira Odebrecht pelo ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, entre os anos de 2011 a 2014, com pretexto de influir em atos praticados por agentes públicos estrangeiros, notadamente os governos da República Dominicana e Cuba, este último contendo obras custeadas, direta ou indiretamente, pelo BNDES”.

Tráfico de influência

A relação de Lula com a Odebrecht, com o BNDES e com os chefes de Estado é enquadrada pelos procuradores do Ministério Público Federal “em dois artigos do Código Penal”. A revista aponta que “o primeiro, 337-C, diz que é crime ‘solicitar, exigir ou obter, para si ou para outrem, vantagem ou promessa de vantagem, a pretexto de influir em ato praticado por funcionário público estrangeiro no exercício de suas funções, relacionado a transação comercial internacional”. A revista frisa que o nome do crime é “tráfico de influência em transação comercial internacional”.

O segundo crime, sustentam os procuradores do Ministério Público Federal, tem a ver com a “suspeita de tráfico de influência junto ao BNDES. ‘Considerando que as mencionadas obras são custeadas, em parte, direta ou indiretamente, por recursos do BNDES, caso se comprove que o ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva também buscou interferir em atos” praticados “pelo presidente do mencionado banco (Luciano Coutinho), poder-se-á, em tese, configurar o tipo penal do artigo 332 do Código Penal (tráfico de influência)’”, aponta o documento.

Superfaturamento

“Época” ressalta que “a papelada e os depoimentos revelam contratos de obras suspeitas de superfaturamento bancadas pelo banco estatal brasileiro, pressões de embaixadores brasileiros para que o BNDES liberasse empréstimos — e, finalmente, uma sincronia entre as peregrinações de Lula e a formalização de liberações de empréstimos bilionários do banco estatal em favor do conglomerado baiano”.

Envolvida na Operação Lava Jato, que apura corrupção nas relações da Petrobrás com empreiteiras, políticos, técnicos e doleiros, “a Odebrecht tem receita anual de cerca de R$ 100 bilhões”. “Época” frisa que a empreiteira “nega as acusações”.

A revista não disponibilizou toda a reportagem na internet. O que se leu acima é uma síntese da matéria divulgada no site.

Deixe um comentário

Agora pode-se entender melhor o discurso do ex-presidente no evento da CUT dia desses, em que afirmava que nunca tanta gente tinha ido pra cadeia como agora nos governos peteístas. A falsa cruzada contra a corrupção – que não é novidade, pois vem dos anos 90 do séc. XX, com a campanha Xô, Corrupção, assinada pelo partido do Sr. Inácio da Silva, vem agora revestida de farsa; ou, se preferir o “hipócrita leitor” de gramscianismo “Minta, minta, diga uma mentira muitas vezes, até que ela se tornará uma verdade…”.

Maldito bandido, só espero que consigam provar.

Agora falta cruzar as concorridíssimas palestras do Lula com empréstimos junto ao BNDES.

Com certeza….esse lula foi uma decepção!!!

O país estava com problemas, mas bem.da era Lula pra ca,olha no que se transformou o Brasil! ele, sempre ele! e o culpado de tudo… mas nao engana mais ninguém. Tomara que,enfim, este crapula seja preso e o nosso Brasil acorde de vez! Tomara que este partido,que tanto mal fez e faz, seja riscado do mapa. Fora PT e toda sua quadrilha!

Os governos passados sempre roubaram, muito mais, e só permitiram que projetos do PT focem votados se políticos de outros governos mantivessem seus cargos influentes. Difícil mudar um sistema que sempre foi corrupto. Engraçado somente os políticos do PT serem condenados em sua maioria. E o FHC??? Aécio??? seus nomes mal circulam pela mídia.

difícil me parece é apreender português ! pelos vistos deve ser petista, coitado, não teve oportunidade para estudar ? ou anda apenas a surfar na onda da ignorância que o PT quer impôr ao país porque dá um jeitão manter o povo assim ?!

Mas essa nao era a bandeira do PT? Então pq os outros roubavam vamos roubar também, é isso que vc quer apoiar? Que ele fosse na impressa denunciar, ate pq ele estava com a maquina. Mas o que ele fez, pegou um esquema criminoso e elevou esse esquema a níveis nunca visto nesse país.

mimimimimimi….Pior é quem não consegue ver seu erros e aponta o dos outros….tiveram toda a chance do mundo pra mudar e conseguiram….ser muito pior que o FHC e sua turma….!!!

Queria saber se o ex presidente continua a faturar milhões com palestras… Parece que não. Porquê será? A farsa foi descoberta

Quero lembrar ao ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva que todo cidadão é igual perante a Lei. Não sei porque o Sr se julga o homem mais honesto do mundo. Veja bem, Sr Lula, desde o seu governo que o seu Ministério e continua no governo da Exma: presidente Dilma Russeff, uma onda de corrupção sem precedente. Tudo da cúpula do seu partido, o PT. Interessante nem o Sr. Nem a Exma. Presidente Dilma Russeff sabem de nada. Isso partindo do própio escalão do PT, de dentro do Palácio do Planalto, do marqueteiro de campanha do Sr e da atual… Leia mais
wpDiscuz