37 anos
Sustentadas por iniciativas individuais ou igrejas, as casas de recuperação ocupam a lacuna do Estado no tratamento de dependentes químicos. A falta de vagas em instituições governamentais e o alto custo de clínicas de tratamento médico fazem com que esses locais sejam a única perspectiva de salvação para o drama. E muitos viciados conseguem aproveitar a chance. Conheça algumas histórias comoventes