A passagem dos dias perdidos

A passagem dos dias perdidos

Em “Eufrates”, o goiano André de Leones desconstrói a estrutura formal do romance para acompanhar uma série de personagens que avançam e recuam no tempo, transitando por diversas cidades em busca de um sentido para suas vidas

“Desconstruindo Teo” em “Desconstruindo Sofia”

“Desconstruindo Teo” em “Desconstruindo Sofia”

Obra do escritor goiano e membro da Academia Anapolina de Letras, Solemar Oliveira, é marcada por traços do niilismo, doutrina filosófica que indica um pessimismo e ceticismo extremos perante qualquer situação ou realidade possível. Consiste na negação de todos os princípios religiosos, políticos e sociais. Teo, o anti-herói, do romance, ora analisado, é a representação imagética desse conceito