Roma, declínio e queda, barbárie e religião

O texto de Gibbon transpõe em muito a fronteira entre as narrativas factual e ficcional — seu livro é história e, ao mesmo tempo, uma imensa obra literária