Vendedora morre após cirurgia plástica com médico reconhecido

Cirurgião Danilo Dias Ferreira, conhecido nas redes sociais como Danilo Said, tem mais de 53 mil seguidores no Instagram

Foto: Reprodução.

Após realizar uma hidrolipo e ter complicações durante a cirurgia, a vendedora Laudicéia Cristina Galvão ficou mais de nove meses em estado vegetativo e morreu no último domingo, dia 2, em São Paulo. As informações são do jornal O Dia.

Segundo a família da vítima, o médico Danilo Dias Ferreira, conhecido nas redes sociais como Danilo Said, cometeu erros durante o procedimento estético. Laudicéia Galvão faleceu em decorrência de uma infecção generalizada.

O companheiro de Laudicéia, Alan Procópio, contou que a mulher decidiu fazer o procedimento com Danilo, que tem mais de 53 mil seguidores no Instagram.

“No meio da cirurgia teve uma intercorrência com uma parada cardiorrespiratória e afetou muito o cérebro dela pela falta de oxigênio durante mais de 40 minutos”, relembrou Alan.

Infraestrutura

No áudio em que Danilo dá a notícia para a família sobre o que ocorreu durante a cirurgia, ele informou que a mulher estava estável, mas que precisaria ser transferida para a UTI de outro hospital para cuidados intensivos. “A pior parte já foi revertida, nós conseguimos reanimar e ela está estável, mas vai precisar de um cuidado intensivo que a gente não tem aqui”, disse o médico.

Alan Procópio questionou o médico se na unidade não tinha a infraestrutura necessária para a realização do procedimento. “A transferência para outro hospital é um cuidado extra”, argumentou o médico.

Laudicéia foi transferida para outro hospital particular de São Paulo e ficou 15 dias entubada. Pouco tempo depois, a vítima teve outro parada cardiorrespiratória que complicou ainda mais o quadro. Por conta dos custos, no dia 2 de dezembro ela foi transferida para o Hospital Estadual Mandaqui, onde ficou até esse domingo. Ela morreu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.