Secretário de Saúde do DF é preso por suspeita de superfaturar testes de Covid-19

Operação Falso Negativo cumpre sete mandados de prisão e 44 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, em Goiás e mais 7 Estados

Secretário de Saúde do Distrito Federal, Francisco Araújo. Foto: Joel Rodrigues | Agência Brasília.

O secretário de Saúde do Distrito Federal, Francisco Araújo, foi preso na manhã desta terça-feira, 25, na operação que investiga fraudes em testes de Covid-19. Araújo é suspeito de superfaturar a compra desses produtos.

O Ministério Público do DF informou que a Operação Falso Negativo cumpre sete mandados de prisão e 44 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, em Goiás e mais 7 Estados (SP, RJ, BA, SC, MT, ES e RS).

Entre os crimes investigados estão: fraude à licitação, lavagem de dinheiro, crime contra a ordem econômica (cartel), organização criminosa, corrupção ativa e passiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.