PF investiga desvios da Saúde no Pará e cumpre mandados em Goiânia e cidades de SP

Cerca de 218 policiais federais e 14 auditores da Controladoria-Geral da União participam das atividades em Belém, Capanema, Salinópolis, Peixe-Boi, Benevides (PA), Goiânia (GO), Araçatuba e outras cidades de São Paulo

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça, 29, a Operação S.O.S, que tem o intuito de desarticular uma suposta organização criminosa que desviou recursos da Saúde para a contratação de organizações sociais para gestão de hospitais públicos do Pará, dentre eles os hospitais de campanha para o combate à pandemia do novo coronavírus.

Segundo a corporação, entre os investigados estão o governador Helder Barbalho (MDB), empresários, o operador financeiro do grupo e outros integrantes da cúpula do governo do Pará.

São cumpridos 12 mandados de prisão temporária e 41 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça. Cerca de 218 policiais federais e 14 auditores da Controladoria-Geral da União participam das atividades em Belém, Capanema, Salinópolis, Peixe-Boi, Benevides (PA), Goiânia (GO), Araçatuba e outras cidades de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.